Resenha - Desejo à meia-noite

Desejo à meia-noite
Editora: Arqueiro

Ano: 2013
Páginas: 272


Cedido em parceria com a Editora Arqueiro.

Desejo à meia-noite é o primeiro livro da série da família Os Hathaway.

Nesse primeiro volume vamos conhecer em especial a história de Amelia Hathaway. A família é composta por cinco irmãos Amelia, Poppy, Beatriz, Leo e Win. 
Seus pais morreram e seu único irmão recebe um título de nobreza que ele não tem o mínimo interesse. E desde um terrível acontecimento, Leo só quer saber de bebida, mulher, jogos e farra. O que dá um enorme trabalho para Amelia, que vive a procura do irmão pelas ruas de Londres. Amelia conta ainda com a ajuda de Merripen, um cigano que acabou entrando para a família quando ainda era bem jovem.
 
Amelia não esperava é que em meio a uma busca por seu irmão, ela fosse conhecer Cam Rohan, um cigano rico, sortudo, muito sedutor, que abala todas as suas estruturas e a faz sentir um desejo que ela pensou estar adormecido há muito tempo. 

Rohan é um cigano cheio de ceticismo, exótico e que não quer ficar preso ao casamento, muito menos morar em uma casa. Ele quer abdicar de toda a sua riqueza e viver livre. Já Amelia é uma linda moça, inteligente, teimosa, e responsável demais, que desde uma desilusão amorosa decidiu que nunca mais se deixaria levar por uma paixão, ela não acredita no destino. Mas talvez ele tenha separado uma grande surpresa para seu futuro.

O livro é um romance histórico, ambientado na Inglaterra no ano de 1848. Devo dizer que o romance em si demora um pouco a engatar, mas quando acontece é simplesmente maravilhoso. 

Beatriz é a irmã mais nova, com 15 anos ela parece passar por problemas inevitáveis, que parecem surgir sempre que ela sofre um abalo psicológico. Poppy tem 19 anos, é um amor de menina, mas ainda jovem para ajudar a tomar conta de uma família. Win tem problemas sérios no pulmão depois de ser acometida por uma escarlatina. Leo como eu disse antes, vive bêbado e fazendo dívidas com o pouco dinheiro que a família tem. Dessa forma toda a responsabilidade recai sobre Amelia e Merripen, o cigano que acompanha a família Hathaway, que fazem de tudo para melhorar a condição em que a família vive. É claro que o Merripen esconde alguns segredos e algumas paixões.

A família se muda para uma propriedade recém-herdada em Hampshire, para afastar Leo dos problemas e tentar ajudar Win na sua recuperação. Com essa mudança surgem novos amigos, dispostos a ajudar a família. Os amores florescem e mais problemas surgem é claro.

Lisa Kleypas consegue criar um romance leve e delicioso, narrado em 3º pessoa, permitindo que nós leitores possamos ter uma visão por completa de todo o enredo. Nessa família todos parecem guardar algum segredinho, mas todos os irmãos são igualmente apaixonantes, e posso dizer que mal posso esperar pelos próximos livros, que creio eu contará um pouco mais sobre os outros personagens.

A narrativa é encantadora, você pisca o olho e o livro já está terminando. Os personagens foram muito bem construídos, e gostei do enredo bem detalhado da Lisa, ela descreve muito bem objetos, aposentos e até mesmo as vestimentas. 

O livro aborda vários pontos da cultura cigana, apresentando seres místicos, lendas antigas, ditados e até mesmo o modo de vida cigana. E gostei bastante de conhecer um pouco mais dessa cultura, pois eu ainda não tinha visto em livros nada referente aos ciganos.

Enfim eu recomendo demais o livro para todas que gostam de um bom romance. Pois esse é realmente mágico.


                                 


PS: Um detalhe importante que eu não posso deixar de comentar é que Cam chama Amelia por vários apelidos. Inclusive Beija-Flor, como o Travis (meu personagem preferido) de Belo Desastre. Mas acredito ser uma mera coincidência, pois beija-flor em belo desastre foi meio que um erro de tradução, já que em inglês o apelido de Abby é algo próximo a Pomba.




20 comentários

  1. Super mega ultra desejado! Linda mesmo essa história, perfeito e maravilhoso e é histórico e eu amei! Sentiu o desespero pra ler? Pois é!

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive curiosidade para conhecer um pouco mais sobre a cultura cigana, mas nunca cheguei a ler nenhum livro que abordasse esse tema. Apesar de romance não ser meu gênero preferido, às vezes me aventuro em algum deles. O que me chamou a atenção foi a época em que a trama se desenrola e a capa também.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  3. Quero muito, muito!!! Particularmente eu não gosto de romance de épocas mas esse me encantou, amei a sinopse e a resenha. A capa então me apaixonei!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu amei a capa deste livro, estou muito ansiosa para ler os romances de época que a Arqueiro esta lançando, é um mais bonito que o outro e as sinopses deixam a gente sem folego!!!!

    Adorei sua resenha Fer, só me deixou mais curiosa... :(

    bjo^^

    ResponderExcluir
  5. Primeira resenha que vejo e já me apaixonei!
    Adorei!
    Vou ler com certeza
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Aaaaah eu já estava doida por esse livro, sua resenha só me fez desejar ainda mais!

    ResponderExcluir
  7. Até que gostei da história mas não fiquei muito afim de ler.
    E que capa linda *-*

    ResponderExcluir
  8. *o* primeira resenha que vejo desse livro
    eu ja era apaixonada pela capa. agora quero ler com certeza

    ResponderExcluir
  9. Oi, é a primeira resenha que leio desse livro.
    Gostei da sua resenha e deu aquela terrível vontade de ler mais hehehehe
    Beijocas
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. É a primeira resenha que leio desse livro.
    Não fiquei muito interessada, pois não curto tramas com que envolvam sobrenatural e tals.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. onde que tem sobrenatural aqui? '-'

      Excluir
  11. Curti a capa do livro.
    Primeira resenha que leio sobre ele, gostei!
    Não li nenhum romance de época, e esse parece ser bem bacana e pela sua avaliação dá vontade de ler.
    Não sabia que ia ser uma série.
    Vale encarar mais uma série?

    ResponderExcluir
  12. Faz tempo que não leio um romance histórico e fiquei muito curiosa com esse, pois nunca vi nenhum deles com uma temática cigana. Vou com certeza colocá-lo na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  13. Como eu disse antes eu amo esse tipo de livro, então obviamente ele me agradou, mas já havia me conquistado pela capa. shausahusa. Adoro capas!

    ResponderExcluir
  14. Como disse antes eu adoro livros desse tipo, então obviamente ele me atraiu.
    Mas já havia me conquistado pela capa, é linda e amo capas!

    ResponderExcluir
  15. a capa do livro me chamou a atenção desde a 1ª vez q eu vi, é a 1ª resenha q leio dele e parece ser beem legal -e olha que n sou mt apegada a livros deste gênero- já vai para minha wishlist hahaa

    ResponderExcluir
  16. Confesso que a capa dele me encantou, mas me desanimei em saber que é uma série!
    Estou bem dividia a respeito desse livro, gostei por ele ser bem descritivo e por ser em Londres, mas não sou fã de romances e não sei se me apaixonaria por ele. Acho que vou esperar mais um pouco para decidir se coloco ou não na minha wishlist...

    ResponderExcluir
  17. Essa capa é bem linda! Só por isso já quero ler! hehe
    Adorei a resenha. Também nunca li nada que envolvesse ciganos. Tô curiosa!
    Ainda mais que envolvesse romance épico! :D

    ResponderExcluir
  18. já queria o livro pela resenha e capa, agora com a sua resenha to superentusiasmada! Acho interessante romances históricos, apesar de não ter lido nenhum infelizmente, mas sou louca pra ler os da Jane Austen. Amo coisas de época. E ainda mais sabendo que vai falar sobre ciganos!! deve ser bem interessante
    adorei mesmo sua resenha

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D