Resenha - O duque e eu


O Duque e eu - Julia Quinn
Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580411461
Ano: 2013
Páginas: 288
Cedido em parceria com a editora Arqueiro.

“O Duque e eu” conta a história de Simon Basset,  agora duque de Hastings, um homem com  uma infância perturbada e bem difícil, que sofre até hoje com o comportamento do pai. Simon nunca perturbou o pai por ter se afastado dele somente porque ele tinha dificuldade em falar. Simon desde cedo decidiu que faria tudo ao contrário do que o seu pai desejaria e por isso Simon virou um farreador e jurou nunca se casar. Mas tudo muda quando ele conhece Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.


Daphne faz parte de uma família grande com oito irmãos, e sempre se sonhou em se casar e ter uma família igualmente grande. Entretanto todos os homens da cidade parecem só querer Daphne como uma boa amiga e não como mulher, as únicas propostas que ela recebeu foram de velhos, ou de homens burros demais.

Simon propõe um acordo a Daphne, ele passaria a lhe fazer uma 'suposta' corte, a fim de se livrar das mães que quererm apresentar suas filhas, e dessa forma Daphne, ao ser desejada por um duque, poderia atrair mais pretendentes.

Com o acordo selado Simon começa a cortejar Daphne e o plano logo de cara da certo. No dia seguinte ao acordo ela recebe a visita de seis pretendes o que logo começa a incomodar Simon, que por sua vez para de ser atacado por futuras pretendentes. Quem não recebe bem a história é o irmão de Daphne, melhor amigo de Simon, que a todo custo quer matar o amigo e o afastar da irmã.

A mãe de Daphne está radiante e vive arrumando situações para que os dois se encontrem. Papo vai , papo vem a amizade entre eles cresce, junto com o desejo que nutrem um pelo outro. E agora cabe a eles decidir encerrar essa historia ou deixar o desejo e a paixão falar mais alto.

“O Duque e eu” faz parte da coleção que a Arqueiro lançou de romances históricos, esse por sua vez se passa no ano de 1813.

O romance dos dois é fantástico, do tipo que faz suspirar, deixa o coração bater mais forte e os olhos se encherem de emoção. E é claro que todos podem imaginar que por ser um romance os dois vão se casar, e claro isso acontece. Mas o livro não acaba por ai. Depois do casamento muitos fatos acontecem, o que nos faz amar ainda mais o casal. Em muitos momentos tive ódio de Simon por ele ser tão teimoso e não deixar o amor falar mais alto.

Daphne é uma protagonista muito forte e isso me surpreendeu bastante, a frieza dela para tratar de alguns assuntos foi algo maravilhoso, porque é difícil encontrar em romances personagens fortes o suficiente para isso.

Os irmãos dela me incomodavam um pouco, por serem tão intrometidos, as vezes me irritava uma quantidade que só....

Todos os capítulos do livro são marcados por notícias de uma fofoqueira de plantão, que escreve para um jornal na cidade em que os personagens moram. Até selecionei um quote que eu adorei.

" Dizer que os homens podem ser teimosos como mulas seria um insulto às mulas. - Crônicas da sociedade de Lady Whistledown, 4 de junho de 1813"

A narrativa da autora é maravilhosa, em terceira pessoa, de modo que hora a cena é mais focada em Daphne, hora em Simon e até mesmo no irmão dela. A capa é maravilhosa *_* e tem uma textura muito gostosa, a diagramação está perfeita, e não encontrei erros de revisão.



Os outros quotes de livro serão apresentados amanhã na coluna Terça é dia de quote ;D

Beijos




16 comentários

  1. Eu já li o livro e adorei. Os irmãos são intrometidos mesmo, mas isso é pq eles tem livros próprios e acho que é um jeito da autora de apresenta-los.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não sou fã de histórias de amor mas me deu muita vontade de ler esse livro.
    Vou ficar na espera pra ver os quotes c:

    ResponderExcluir
  3. Já tinha lido outra resenha desse livro e foi positiva também.
    Se não me engano esse livro compõe uma série de 8 volumes.
    Essa Lady Whistledown, tem a língua afiada heim! kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Acabei de sair de um blog que tinha essa resenha e vou repetir aqui uma parte do que disse lá: UMA PENA SEREM 8 LIVROS.
    Sabe se pelo menos eu posso ler O duque e eu e não ter um infarto de ansiedade esperando o próximo?

    Isa
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  5. É exatamente o livro de livro que adoro.
    Sim, adoro romances.
    Parece lindo. *-* Eu quero.

    ResponderExcluir
  6. gente que fofo esse livro *u*
    essa é a primeira resenha que eu leio dele, mas se eu for ler o mesmo com certeza pelo visto vou gostar

    ResponderExcluir
  7. Esse nos lançamentos não me chamou a atenção, mas lendo a resenha mesmo não sendo fã de livros de época, gostei muito do casal. Estou ansiosa pela resenha dos outros dois livros de época da Arqueiro q gostei muito das capas.....

    ResponderExcluir
  8. HA!!! Que inveja!!!! Sorte sua que vc não mora perto de mim Fe!!!! Senão metade da sua estante estava aqui em casa!!! kkkkkkkk

    Adorei a resenha!!! Linda demais, tbm amei a capa deste livro... EU QUERO LER!!!!! kkkkkk *O*

    bjo flor!!!^^

    ResponderExcluir
  9. Oi Fê,
    Eu tô DOIDA pra começar a ler esse livro logoo.
    Imagino que seja o tipo de romance que consegue nos derreter, nos deixar torcendo pelo casal. Adoro personagens fortes, determinadas, principalmente nessa época em que as mulheres eram deixadas tão de lado e não tinham direito a nada.
    Tenho certeza que vou amar!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. kkkkkk
    curti o quote selecionado

    Nunca li romances de época, mas acho que O Duque e eu é uma ótima maneira de começar.
    Adorei a resenha, e essa avaliação máxima é um incentivo a ler ^^
    Mas sério que vão ter 8 livros?? o.O
    São muitos!

    ResponderExcluir
  11. nossa parece ser ótimo, adorei o quote hahaa
    só n achei mt legal serem 8 livros, qd tem mts assim eu raramente termino ou acabo enjoando.. tomara q eu leia e isso n aconteça né?

    ResponderExcluir
  12. A capa não chamou a minha atenção, mas depois de ler a sua resenha passei a achar que ele pode ser muito bom e divertido! Adoro romances onde rola um ciume básico e onde há uma protagonista forte, só que sou pobre e uma série de 8 livros não da pra acompanhar =/

    ResponderExcluir
  13. Não gostei muito da história e com certeza não aguentaria 8 livros dela KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK mas que bom que gostou :)

    ResponderExcluir
  14. Que mão ficaria encantada com a filha se casando com um duque? aaaah
    Quero ler, adorei. Sou super fã de romances éppocas, adoro viajar nessas histório....


    Quero, quero, quero!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Já tinha visto esse livro, mas é a primeira resenha que leio sobre ele. Não sou muito fã de romances históricos, gosto mais quando rola pitadas de sobrenatural e mistérios, como acho que não rola nesse... Mas deve ser interessante.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  16. mais um romance de época *-*
    não sabia que era uma coleção da Arqueiro
    adorei a resenha e gostei do quote, e achei legal essa coisa meio Gossip Girl do século XVII :p kk
    a capa é mesmo bonita e achei a história legal, me interessei por esse acordo do duque com a Daphne

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D