Resenha - Réquiem para um assassino


I.S.B.N.: 9788562969058

Edição : 1 / 2011

Idioma : Português

Número de Paginas : 224


Autor: Paulo Levy

Editora Bússola.

LIVRO CEDIDO EM PARCERIA COM O AUTOR.

Réquiem para um assassino conta a história de Joaquim Dornelas um delegado da polícia civil que acaba de se divorciar da mulher, que foi morar com os filhos na cidade do rio de janeiro, enquanto ele ficou em Palmyra, uma pequena cidade do mesmo estado.

Certo dia um misterioso crime acontece. Um homem é encontrado morto no mangue, que serve de cartão postal para a cidade. Ninguém sabe a identidade da vítima de fato, ele não possuía documentos consigo e pelas digitais nenhuma informação foi encontrada.


Aos poucos começam a aparecer muita gente com informações isoladas sobre a vítima. Um vereador que diz saber o nome da vítima por meio de um telefonema anônimo. Uma suposta irmã da vítima com informações sobre o crime. Um pescador amigo do delegado que afirma ter estudado com a vítima, dentre outras pessoas. 

Com todas essas informações Dornelas passa a investigar as motivações para o  " Crime do Mangue "  e os responsáveis. Mas parece que alguém não quer que ele saiba de alguma coisa e ele começa  a ser ameaçado e pessoas amigas passam a sofrer atentados.

No meio a investigação um romance poderá surgir e caberá a Dornelas afastar os fantasmas do divórcio e seguir em frente. 


Quando penso em um livro Policial logo me vem a mente que ele tem, obrigatoriamente que me surpreender até o final, não deixando a identidade do suspeito ser descoberta até que seja inevitável. E Paulo Levy conseguiu trabalhar bem esse aspecto. É claro que alguns suspeitos eram bem evidentes, e eu cheguei a desconfiar de uma pessoa desde o começo. Entretanto mudei de opinião tantas vezes que cheguei a perder as contas. Na metade do livro comecei a desconfiar de uma pessoa seriamente, mas acabou que essa suspeita foi descartada quase no final.

Em relação ao envolvimento romântico de Dornelas eu achei bem fofinho e encantador. Mas juro que pensei que ele fosse se envolver com outra pessoa.

Os filhos de Joaquim são ótimos, pelo pouco que aparecem, o filho mais novo então é um amor *_*. Já a ex mulher, é intragável, entendo bem porque rolou o divórcio, apesar de ter sido ela quem pediu. Outro ponto bem legal são os detalhes curiosos da rotina do delegado,  descrevendo sua preferência para alimentação, o hábito com as novelas e até a rotina do cachorro.

A narrativa de Paulo é ótima, bem agradável e nos deixa de olho pregado no livro. Não consegui parar de ler, quando dei por mim, já estava na ultima página. Eu não encontrei erros de revisão o que é outro ponto positivo. 




18 comentários

  1. É muito dificil eu ler um livro com esse tema, mas já tenho 2 na minha listinha, este entrou tbm, porque gostei da sua resenha!!!

    bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Eu amo livro Policial, quando li o titulo eu fiquei louca kkkkk com certeza quando eu tiver dinheiro vou comprar ele

    ResponderExcluir
  3. Adoro livros policiais, e como você quero ser surpreendida, acho que quando você suspeita de tanto de alguém essa surpresa é ainda melhor.
    Fico feliz em saber que o livro não tem erros de revisão, ando encontrando muitos nos nacionais que ando lendo.

    ResponderExcluir
  4. Livro policial é o que há, não conheço o autor ainda, mas promete, já está na minha lista do próximo mês, parabéns pelo blog, adorei. Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Eu fiquei no mais ou menos a medida que li a resenha, tem aspectos que acho que irei gostar e outros não.

    ResponderExcluir
  6. Parece ser bem legal esse livro, gostei da resenha. Tem uma história bem boa.

    ResponderExcluir
  7. Nao sou muito fã de livros desse gênero, mas pelo que parece a história prende sem forçar, e isso é bom.
    è um livro que leria, com certeza!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  8. Adoro livros desse gênero, e vi que ele tem uma coisa primordial para uma boa história dessa, que é o elemento surpresa. Concordo com você, temos que ser surpreendidos a todo o momento, e a identidade dos culpados devem ser mantidas em sigilo até o final. Pelo que você colocou nessa resenha, esse livro tem isso. Ou seja, fiquei bem tentado pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  9. n me interesso mt por livros desse gênero mas parece ser bem envolvente e surpreendente e fez surgir uma curiosidade sobre o final da história.. bjss

    ResponderExcluir
  10. Me lembrou Harlan Coben... O que é ótimo, amo o Harlan *oooooo*
    PRECISO DESSE LIVRO!!!!!!!!! *o*

    ResponderExcluir
  11. Como comentei com você, qualquer livro do gênero chama a atenção e com esse não poderia ser diferente. Crimes, investigações, suspeitos, rotina de um delegado, etc. Tudo isso faz parte do que eu realmente gosto em um livro, então apenas a sua resenha fez com que tivesse curiosidade em saber a verdade em relação ao "Crime do Mangue". Espero ter a oportunidade de ler.

    Beijos.
    Ricardo - www.blogovershock.com.br

    ResponderExcluir
  12. Adoro o gênero e estava em busca de um livro assim. Acho que esse é o certo, por sermos surpreendido apenas no final com o culpado. Isso é super bom. :) Leria com certeza!!!

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia esse livro.
    Pela resenha a historia parece ser boa.
    Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  14. Fiquei bem curiosa, principalmente pela investigação, q é um tema q eu gosto bastante. Concordo q o final tem q surpreender e q as perguntas tem q ser respondidas.. Gostei bastante do livro!!!

    ResponderExcluir
  15. Não conheço a escrita desse autor, mas achei interessante essa trama. Curto essa temática investigativa, :)

    ResponderExcluir
  16. Adoro livros sobre investigação criminal e esse parece ser recheado de mistérios e suspense! Pelo que li na sua resenha, a trama do livro foi bem construída e tem até um romance fofo para descontrair. Gostei muito da sua resenha e o livro parece ser muito bom =D

    ResponderExcluir
  17. gostei da sinopse e da sua resenha também. Gosto de romances policiais, apesar de não serem o gênero que eu mais leio, e um misteriozinho sempre é bom :P ainda mais com uma narrativa boa como tem esse livro. Legal também é que fala um pouco da vida dele e tem até romance, às vezes quando só fica focado no crime não é tão legal, né? por isso que eu prefiro Cold Case a CSI é série mas vale o exemplo u.u kkkk
    só queria saber pq deu 4 estrelas e não 5, se vc só falou bem do livro, não disse nenhum ponto negativo

    ResponderExcluir
  18. gostei da sinopse e adorei sua resenha. A menina ali em cima falou do Harlan Coben e eu lembrei dele tb kk foi o último livro de mistério que eu li, mas ele era apenas um civil investigando né? não sei dá pra classificar como policial
    legal ver histórias policiais brasileiros e que tem como cenário o Brasil, meio raro. Os livros brasileiros que vc resenhou todos parecem ótimos, parece que a literatura brasileira tá numa boa fase, né? mesmo que a maior parte deles não tenha muito sucesso, infelizmente.
    Achei legal que o delegado vai ter um romance no livro :)
    só queria saber pq vc deu 4 estrelas e não 5 se vc não disse nenhum ponto negativo do livro, foi só elogios rs
    (desculpa se esse for o segundo comentário que eu envio, não tive certeza se o primeiro foi)

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D