Resenha - Quarto

Edição: 1
Editora: Verus
ISBN: 9788576861317
Ano: 2011
Páginas: 350
Tradutor: Vera Ribeiro

Sinopse - Quarto - Emma Donoghue

Para Jack, um esperto menino de 5 anos, o quarto é o único mundo que conhece. É onde ele nasceu e cresceu, e onde vive com sua mãe, enquanto eles aprendem, leem, comem, dormem e brincam. À noite, sua mãe o fecha em segurança no guarda-roupa, onde ele deve estar dormindo quando o velho Nick vem visitá-la. O quarto é a casa de Jack, mas, para sua mãe, é a prisão onde o velho Nick a mantém há sete anos. Com determinação, criatividade e um imenso amor maternal, a mãe criou ali uma vida para Jack. Mas ela sabe que isso não é suficiente, para nenhum dos dois. Então, ela elabora um ousado plano de fuga, que conta com a bravura de seu filho e com uma boa dose de sorte. O que ela não percebe, porém, é como está despreparada para fazer o plano funcionar.


"O ar que entrou foi gelado, acho que é um pedaço do Espaço Sideral, tem um cheiro gostoso. A porta fez seu tum, que significa que agora o Velho Nick está aqui dentro. Meu sono passou. Fiquei de joelhos e espiei pelas tabuinhas, mas só consegui ver a Cômoda e a Banheira e uma curva da Mesa."

Nunca pensei que poderia chorar tanto quanto chorei lendo este livro. Confesso que no começo do livro me senti até mal por estar lendo algo tão perturbador. Este livro não é como os que estou acostumada a ler, apesar de não ser baseado em uma história real, penso que muitas pessoas já passaram por alguns desses momentos narrados no livro que me perturbaram demais.

Quarto é narrado na voz divertida de Jack, um menino de 5 anos que nasceu e cresceu no Quarto com sua Mãe, que esta clausurada ha 7 anos no Quarto, pois foi sequestrada quando tinha 19 anos. Ela é tudo para ele e ele tudo para ela. Mas conforme o tempo passa, Jack cresce e começa a fazer muitas perguntas que a Mãe não sabe como responder.

Jack acredita que o Quarto é o melhor lugar do mundo e que tudo que ele vê na TV não passa de fantasia. Mas para a Mãe o quarto é uma prisão onde o Velho Nick a mantém presa, longe de tudo e de todos. Todas as noites, as 7h, a Mãe coloca Jack no Guarda-Roupas, onde ele deve estar dormindo quando o Velho Nick vem visita-la.

Jack é uma criança muito divertida, inteligente e criativa, já sabe ler e escrever, pensa que sabe tudo, até que a Mãe coloca em pratica um plano ousado de fuga e ele descobre que o Lá Fora existe e tudo é muito diferente.

Uma história que choca, arrebata e cativa. A autora soube como levar o leitor para um mundo tão infantil que você não vê maldade pelos olhos de Jack, você realmente quer acreditar que tudo esta bem e que o Quarto é mesmo um mundo a parte, onde tudo que tem dentro dele é confiável. Com uma narrativa de um garoto de 5 anos, que nunca conheceu o mundo exterior e que adora a "Dora Aventureira", você vai se apaixonar e odiar ao mesmo tempo. Se recomendo? Claro!

"A Mãe deu um gemido. Bipe bipe, bum, a Porta fechou, ficamos sozinhos.
Tudo quieto. Contei meus dentes cinco vezes, sempre vinte, menos uma vez que deu dezenove, mas contei de novo até dar vinte. Dei uma espiada de lado. Depois, levantei a cabeça do travesseiro fedorento."




19 comentários

  1. Ainda não tinha visto resenha desse livro, mas fiquei bastante curiosa para lê-lo!

    Bjus
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Ana!
    Meu deus, sua resenha me deixou muito ansiosa pela leitura! Como pode? rs.
    Estou louca agora para conhecer esse mundo de Jack, que parece ser maravilhoso!
    Ótima resenha :)
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu não tinha dado nada pelo livro até ler sua resenha! Fiquei muito curiosa pra conhecer mais desse mundo de Jack e sua história com a sua mãe, que parece ser incrível!
    Adorei sua resenha!! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Quero mto ler, mas não encontro esse livro pra vender em lugar nenhum. D:

    Lindíssimo blog, beijinhos!


    www.marciacsf.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie, só pelo que li da resenha já percebi o quão perturbador é a leitura desse livro. É um tema forte e triste ao mesmo tempo. Fiquei muito interessada.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já tinha visto esse livro, mas ainda não tinha lido nada a respeito. E confesso que me surpreendeu porque não era nada que eu esperava. Parece ser uma história surpreendente e envolvente. A premissa é genial e a história tem tudo pra ser marcante e emocionante. Com certeza entrou para a minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  7. Quero ler Quarto faz tempo. Primeiramente, por mera curiosidade pelo fato da autora ser irlandesa. Depois, claro, pelo tema em si. Uma criança tão pequena que encarcerada, que também é a narradora da história, a proteção contraditória da mãe, tudo isso me instiga. Deve ser um ótimo livro, pelo menos nunca li/ouvi nenhuma opinião menos empolgante.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro, mas agora sinto que preciso ler! A história consegue misturar a tensão e o horror de uma situação dessas, com a inocência do ponto de vista de uma criança.
    Deve ser emocionante e cativante. Com certeza vou chorar! rs
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Esse livro já está na minha lista, aborda um tema totalmente novo, estou tão acostumada a ver na tv sobre garotas que são sequestradas e ficam anos presas, não dá pra imaginar como é, e eu achei interessante o fato de ser narrado pelo filho da vítima, que só tem 5 anos

    ResponderExcluir
  10. Já li algo a respeito desse livro mas sinceramente não estou em um bom momento para encarar essa leitura. Como você bem disse, acho perturbador demais e como tenho uma filha justamente com cinco anos, todo tipo de história que envolve crianças me abala demais, então preferio não ler, pelo menos não nesse momento.

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que sinopse aflitiva, perturbadora e tão atual... só assistir/ler jornais.
    Sinceramente? Não gostaria de ler... já me senti muito mal só com a sinopse.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não tinha ouvido falar desse livro, e pela sinopse e pelo que vc escreveu não tenho vontade de ler.
    Parece ser muito pesado, perturbador como vc mesmo disse.
    Não gosto de livros assim, nesse estilo.

    ResponderExcluir
  13. Oi Ana :)
    Então, eu ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro. Acreditava que ele era de auto-ajuda levando em conta a capa e nem corri atrás para saber do enredo.
    Mas agora fiquei surpreendido. Nem na menor das hipotéses esperaria que o enredo tratasse de uma temática tão real e aterrorizante da humanidade.
    Através da sua resenha percebo o quanto o Nick deve ser fofo e que carrega uma bondade dentro do coração.
    Parabéns pela resenha Ana. Você me prendeu com suas palavras e me incentivou a ler esse livro futuramente. Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Nossa, não sabia que este livro tinha vindo para o Brasil! Vejo sempre ele em book hauls de vlogs gringos. To muuuuuito a fim de ler. Parece ser uma história emocionante mesmo e de chorar litros!

    ResponderExcluir
  15. Tenho receio de ler esse livro por diversos motivos, mas o principal é o tema extremamente forte que ele trata! Não gosto muito de livros desse tipo, sempre que os leio fico meio deprimida e não acho essa a melhor coisa para se tirar após uma leitura. Digo isso por realmente não ser meu estilo de livro, entretanto conheço um monte de gente que gosta! Só lendo a resenha eu já me senti chocada, se lesse o livro...

    ResponderExcluir
  16. Que loucura esse livro!
    Achei super original e realmente perturbador.
    Um tema bastante pesado, mas aos olhos inocentes de uma criança, nem sei o que esperar dessa leitura.

    ResponderExcluir
  17. Existem poucos livros que relatam esse tipo de sequestro, parece ser um livro muito tenso, pela resenha acho q vale a pena ler.....chamou muito minha atenção, parece ser muito bom!!

    ResponderExcluir
  18. Nunca ouvi falar do livro, mas gostei! rs
    Agora eu to mega ansiosa para lê-lo! rsrs
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Nossa! Não sabia que esse livro era tão perturbador assim. Me coloco na pele desse garoto que nunca chegou a ver o mundo exterior. A parte boa é que ele não sofria com agressões, nem nada desse tipo. Deve ser um livro bem impactante mesmo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D