Resenha - Mercy + Exilada

Oi meus amores tudo bem? As resenhas de hoje são daquelas perdidas que eu comentei com vocês lembram? Mas bom aqui vai a nova resenha dos livros.

Edição: 1
Editora: Fundamento
ISBN: 9788539503650
Ano: 2012
Páginas: 192
Tradutor: Francielle Sambay
Sinopse - Mercy - Mercy - Livro 01 - Rebecca Lim

" Prepare-se para se surpreender com esta eletrizante mistura de romance, mistério e sobrenatural. Mercy não é uma jovem qualquer, mas um anjo caído. E ela está prestes a experimentar uma grande paixão como humana, algo que vai abalar tudo o que ela conhece ou pensa conhecer sobre si mesma. As lembranças de Mercy são fragmentos do que ela foi um dia. A única coisa que ela sabe é que cada vez acorda num corpo diferente. E que, a cada nova vida, mais perguntas inquietantes ficam sem resposta. "

Mercy é um anjo caído, ela vive vagando de corpo em corpo vivendo novas vidas. Um dia ela pode acordar em um corpo e no outro dia em outro. Ela nunca sabe o dia de amanhã então procura nunca se envolver com as pessoas ao seu redor, mesmo porque quando ela migra para uma nova vida tudo o que ela viveu é esquecido. Os únicos momentos em que Mercy esta bem consigo mesma é quando encontra em seus sonhos com seu amor , perdido, já que foram proibidos de ficar juntos, Luc.

Certo dia Mercy acorda no corpo da jovem Carmem, uma cantora, e durante uma viagem se hospeda na casa de uma família que passa por muitas dificuldades e lá conhece Ryan o filho do casal, tudo nele faz a linda moça lembrar de Luc, seu amor impossível e Mercy fica bem mexida com isso. A filha do casal esta desaparecida a anos, mas somente Ryan acredita que ela ainda possa estar viva e pedindo por socorro.

Apos se aproximar de Ryan, Mercy começa a acreditar que a irmã dele possa sim estar viva, já que agora ela passa a escutar vozes que clamam por ajuda. Os dois agora se unirão em busca de salvar a vida da irmã de Ryan e dessa união surge um amor maravilhoso, algo que Mercy nunca experimentou. Seu único problema é que assim que ela terminar de resolver o problema no qual foi destinada a resolver ela poderá desaparecer dessa vida e esquecer todo esse sentimento maravilhoso que viveu.

Mercy é mais um dos tantos livros sobrenaturais lançados no mercado e apesar de abordar um tema clássico, bem tipico como os anjos caídos, ele nos apresenta uma nova proposta. Eu já vi anjo caído malvado, que é considerado demônio, alguns que são bonzinhos e bla bla bla, mas ainda não tinha encontrado um anjo caído que fica vagando de vida em vida para realizar algum propósito, achei a ideia bem original.

Por ser um livro bem curto a narrativa da autora é bem corrida, sem muitos detalhes dos fatos, e o enredo se passa em poucos dias mesmo, de forma bem simples. Mas apesar disso os personagens conseguem nos conquistar, principalmente Ryan. Ele é um amor de pessoa, muito sedutor e adoro o fato dele sempre acreditar nos seus instintos e continuar na busca pela sua irmã. 

Outro ponto legal no livro é o leve toque de investigação, porque durante o enredo a autora nos apresenta alguns suspeitos de ter sequestrado, matado, sumido com a irmão de Ryan, e você fica tentando descobrir a motivação que cada um teria para descobrir quem é o responsável.

A capa do livro é fantástica, muito mais linda aos olhos. A revisão estava legal também e a diagramação muito confortável. Enfim recomendo bastante o livro, pode ter certeza que ele irá te surpreender.




Edição: 1
Editora: Fundamento
ISBN: 9788539505456
Ano: 2013
Páginas: 200

Sinopse - Exilada - Mercy - Livro 02 - Rebecca Lim

E se você acordasse sem saber quem é, de onde veio ou por que está ali? Assim é a vida de Mercy - ela simplesmente muda de "corpo" do dia para a noite sem nenhuma explicação ou lembrança que a ajude a se situar. E o pouco que ela consegue recordar é que foi exilada de sua existência real, de flashes do passado da vida das garotas em cujo corpo acordou e de Luc, seu amado, que ela só vê em sonhos e parece ser o único que sabe quem Mercy realmente é. 

Nessa fantástica continuação de Mercy, nossa adorada anjo caído acorda no corpo de Lela, uma menina de vida simples, que vive para cuidar da mãe que enfrenta um câncer em fase terminal e trabalhar como garçonete em um café e pela rotina fácil Mercy logo se adapta. Todo começa a mudar quando Luc aparece em seus sonhos dizendo que tem um plano para resgata-la e que ira permitir que os dois possam ficar juntos. Para isso ele diz que ela terá que tentar se lembrar de Ryan, alguém muito importante da sua outra vida, e somente ele poderá ajuda-la a sair do exílio em que ela se encontra e poder finalmente viver com Luc. Entretanto ao reencontrar seu amor na vida humana Mercy irá acordar seus reais sentimentos e com isso situações complicadas podem surgir.

O maior problema é que agora no corpo de Lela, Mercy vive bem longe da pacata Paraíso, do outro lado do mundo, na Austrália. E apesar de ser egoísta em alguns momentos ela também pensa em como deixará para trás toda a vida de Lela, afinal ela esta usando o seu corpo, como ela teria coragem de abandonar a mãe de Lela, em seu estado atual, para simplesmente segui seus desejos de reencontrar seu amor? Seria egoísmo demais? E se ela conseguisse se libertar dessa nova vida? Como ela chegaria até Ryan? E Luc será que seu amor por ele é maior que tudo isso?

Exilada foi um bom livro, entretanto a autora continua deixando grandes lacunas abertas. Durante o livro Mercy consegue ter alguns flashes, lembranças do que um dia ela já foi, o, porém é que tudo isso vem sem explicação, como se do nada a informação surgisse e você ficasse sem entender o porquê daquilo tudo. Eu em minha humilde opinião esperei muito mais do livro, esperei mais respostas para os meus questionamentos, eu sinceramente não confio no Luc e acredito que Mercy esta totalmente enganada ao seguir o que ele diz, acredito que ele tem algum plano mirabolante na manga, mas para o seu exclusivo benefício. Em relação a Ryan eu gostaria de saber o porquê da semelhança entre ele e Luc, também esperei que ele fosse aparecer mais, ele é um personagem maravilhoso.

Os personagens secundários desse livro me conquistaram bem mais do que no livro inicial. Eu me compadeci com a dor da Sra. Neill, a personagem passa por momentos tão sofridos que eu duvido que algum leitor não torça para que toda essa dor acabe logo. Justine também é uma personagem que me tocou, e em toda a sua luta para lidar com o namorado ela recebe a ajuda de Mercy. O outro personagem que realmente me pegou eu vou deixar para vocês conhecerem hahaha ;)

Nesse livro Mercy começa a ter um pouco mais de consciência sobre tudo que o que ela significa, sobre sua história. Ela é alguém muito importante para sua espécie e talvez por isso ela seja mantida em exílio. E apesar de muitas vezes Mercy se preocupar com as pessoas ao seu redor e tentar melhorar suas vidas, em alguns momentos a protagonista toma muitas decisões erradas e essas decisões, apesar de erradas e egoístas é o que permite a Mercy ter uma prova de todo o seu poder.

Minha gente o que foi o final desse livro, sinceramente desesperador, deixou-me assim como todos os outros leitores extremamente ansiosos pela continuação.







17 comentários

  1. Oi Fernanda-chan :)
    Bom, as capas dos livros são muuuuuito lindas, mas o enredo, em si, não me surpreendeu. Não estou dizendo que não leria os dois livros, só estou dizendo que os leria sem criar grandes expectativas.
    A forma como a Mercy é fadada a viver lembra muito os personagens de Julieta Mortal e Todo Dia.
    Mas fiquei interessado para saber como a Mercy saiu do corpo no final do primeiro livro e foi parar no corpo da Lela.
    Parabéns pela duas resenhas, Fernanda-chan. Deve ter sido cansativo fazer as duas resenhas e publicá-las num único post. Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ainda não conhecia essa série, mas já gostei! Me lembrou um pouco Julieta Imortal, cujo livro eu não gostei nem um pouco. Mas só o fato de ter anjos neste e lá ser apenas Romeu e Julieta, gostei mais deste!

    Mais uma série que vou penar pra finalizar! kkkkkk

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nada sobre anjos, vc acredita?? A premissa destes livros me lembrou um pouco Todo Dia do Levithan.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia essa série e mesmo depois de ler essa deliciosa resenha, a história não conseguiu me convencer. Me lembrei na hora de "Todo Dia" e histórias com essa temática só muito bem escritas pra despertar meu interesse de continuar e não me entediar.
    Adorei as capas!

    ResponderExcluir
  5. Confesso que não me interesso pelo estilo e temática do livro, talvez por isso não fiquei com vontade de ler a série.
    Entretanto, gostei da parte investigativa do primeiro livro e fiquei curiosa em relação ao final do segundo.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Gosto da ideia diferencial desse livro...anjos que entram no corpo de outros humanos para ajudá-los, eu amei a primeira capa, a segunda parece bonita também

    ResponderExcluir
  7. Acho bacana essa temática sobre anjos, mas creio que já está saturada. O mesmo que aconteceu com vampiros! Mesmo com seus elogios ao desenvolvimento do livro e a forma que ele instiga o leitor, eu realmente não me interessei pelas obras.

    ResponderExcluir
  8. É um enredo bem diferente, pelo menos não tinha lido nada assim até agora. Pena que é um pouco corrido, acho que até merecia um pouco mais de detalhes para desenvolver melhor a história. Vamos ver se consigo ler em breve.

    ResponderExcluir
  9. Olha, li, reli e fiquei meio perdida com essa história de anjo caído que vaga de corpo em corpo e nas lacunas que você citou. Gostei da ideia, mas sou uma pessoa racional, sabe, preciso de explicações, tipo crianças "pq o céu é azul?" e por aí vai hahahahahaha

    ResponderExcluir
  10. As capas dos livros são lindas, e a temática me interessa muito. Adoro essas coisas de anjos caídos e tal, mas também acho que deveria ser bem desenvolvido. Tramas desse tipo precisam ser bem explicadas, porque se não fica meio sem sentido. Mesmo assim me interessei pelo livro, fiquei com vontade de lê-lo, ainda mais por ter capas tão lindas!

    ResponderExcluir
  11. Não gostei muito da capa do segundo livro, mas a do primeiro é linda!
    Gostei do tema também, gosto desse tipo de história e tals...

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia essa série, mesmo a resenha ser boa, a história não me chamou a atenção

    ResponderExcluir
  13. Esse livro parece ser otimo pra ler num fim de semana daqueles de tpm que voce nao quer sair da cama kkkkkk eu até que gostei, a capa nao me chamou muito a atenção mas eu leria numa boa!!

    ResponderExcluir
  14. Também acho esse tema "anjos caídos" bem batido, mas, realmente não me lembro de ver um que fique vagando de corpo em corpo. O que mais me agradou em "Mercy", foi esse tom de investigação/mistério que rola em torno do desaparecimento da personagem. Já em "Exilada", apesar de não ter esse tom de mistério/investigação, essa de personagens secundários interessantes, me chama a atenção.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  15. Eu ja li o primeiro e estou preste a ir ao segundo a historia é otima e te prende,super recomendo.

    ResponderExcluir
  16. Ótimo texto de resenha. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=78725243

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D