Resenha - De Repente, O Amor

Edição: 1
Editora: Única
ISBN: 9788573128611
Ano: 2013
Páginas: 366
Tradutor: Alice Klesck

Sinopse - De Repente, O Amor - Susan Fox
Aos trinta e um anos, a sorte de Kat Fallon com os homens já se mostrou longe de ser algo positivo. Mas quando ela convida seu melhor amigo e vizinho Nav Bharani para ser seu par no casamento de sua irmã mais nova em Vancouver, ela não imagina que está para embarcar na maior surpresa de sua vida... 
Nav é apaixonado por Kat desde que ela se tornou sua vizinha, e quando ela diz para ele que adora viagens de trem, principalmente pela possibilidade de "conhecer" estranhos, Nav bola um plano para ganhar o coração de Kat. Em cada parada do trem durante a viagem ele aparecerá disfarçado como "um desconhecido sexy". Kat cai nesta brincadeira sensual, mas o que começa como uma simples diversão transforma-se em algo mais denso e Kat se vê em dúvida se permanece em suas fantasias sexuais de solteira ou investe no seu par perfeito. Sexy, divertido, intrigante... Susan Fox é um dos novos talentos da ficção erótica.



De repente, o amor conta a história de Kat Fallon, uma mulher de trinta e um anos que pertence a uma família de quatro irmãs. Kat Nunca teve muita sorte no amor, todas as suas escolhas foram digamos que erradas. Agora sua irmã mais nova irá se casar e Kat terá que ir ao seu casamento em Vancouver. Mas ela não quer chegar ir sozinha e por isso convida seu vizinho e melhor amigo, Nav um indiano, sexy demais, fotografo. Nav prontamente aceita seu pedido, uma vez que nutre sentimentos fortes pro Kat, mas nunca teve coragem de falar. Nada do que ela pensou que aconteceria nessa viagem pode se aproximar do que de fato acontece.

Tudo começa quando Kat conta a Nav que esta ansiosa para a viagem de trem, pois terá a oportunidade de conhecer homens diferentes, misteriosos, que ela não precisará reencontrar depois. Essa história fica girando na cabeça de Nav, até que ele cria um plano muito maluco para conquistar sua vizinha. No dia de embarcar para essa incrível viagem. Nav aparece totalmente diferente, como outra pessoa e a princípio consegue enganar Kat. Mas ao observar bem ela acaba percebendo que o sujeito misterioso nada mais é do que seu vizinho Nav. Ele então propõe um acordo a Kat, durante essa viagem ele não será Nav. Será outra pessoa que ele criou, ou seja, ele vai viver um personagem. Com essa nova pessoa Kat poderá viver todas as suas aventuras e quando a viagem acabar ele voltará a ser Nav e tudo ficará bem entre eles.

Kat acaba aceitando a proposta por acreditar que Nav realmente vai levar a promessa a sério e não deixar que essa aventura interfira na grande amizade que eles têm. Ao topar viver essa história, Kate embarca em dias repletos de prazer, de sentimentos e sensações que ela pensou não existir. Nav quer mostrar tudo o que sabe a Kat e eles viverão uma história muito sensual. Mas até que ponto eles poderão levar essa relação sem prejudicar a amizade que possuem?

De repente, O Amor é um livro quente, ardente, bem sensual. Kat e Nav vivem uma boa aventura. Mas eu juro que pensei que eles não fossem levar isso à diante, sinceramente pensei que ela fosse conhecer outra pessoa no trem. O casal combina bastante, tem toda uma conexão, uma amizade, que desperta neles um amor muito bonito.

Achei bem legal o modo como a autora direcionou o enredo. Nav é um cara bem persistente e criou vários personagens para tentar manter acesa a chama entre ele e Kat, achei isso bem criativo e não tinha visto tão ideia em nenhum outro livro. 

Kat é uma personagem bem difícil de aguentar, ela tem aquele complexo de que não pode se apaixonar pelo amigo. Por ser uma pessoa sem sorte no amor, ela acha que tudo isso se deve ao fato dela se entregar completamente a suas paixões. Então acredita que não pode de maneira nenhuma se entregar a essa paixão que esta vivendo, além é claro do medo de perder seu melhor amigo. Mas essas dúvidas e receios dela, sinceramente incomodam bastante, quando você pensa que tudo vai ficar legal e enfim vai engrenar, a mulher vem com aquele mimimi que dá vontade de jogar o livro pela janela. Felizmente Nav é um personagem incrível que sempre consegue dobrar as dúvidas de Kat.

A narrativa é intercalada entre Kat e Nav, o que nos permite ter uma boa visão de todos os acontecimentos. Ela é bem fluida e rapidinho você já chega ao final sem nem ao menos ver. 

O único ponto que não gostei no livro é que achei ele sem final. O final foi tão simples que não me encheu os olhos, juro que eu esperada algo mais elaborado.



12 comentários

  1. Acho as capas desta série lindas, mas não tenho tanta vontade de lê-los.... quem sabe um dia neh???

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Sei como você gosta de livros desse gênero, então é bem legal você fazendo comentários interessantes sobre o livro, mas é uma pena o final não tenha sido como o esperado. Isso poderia se resolver no próximo livro, mas se bem me lembro, cada livro é sobre uma irmã, não é isso? De qualquer forma, apesar de não ser o livro que mais tenho interesse da editora, não dá para negar que a série chama a atenção.

    Beijos, Fê!
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  3. Esse livro, ou melhor, essa série está na minha lista dos que pretendo ler faz um bom tempo, mas ainda não tive tempo, sempre aparecem outros livros que acabo passando na frente. Tenho uma amiga que tem três dos quatro livros, então com certeza irei ler.
    Ela não gostou dos livros, já minha prima (que está lendo a série atualmente) disse que está amando. Ou seja, pretendo ler pra tirar minhas próprias conclusões.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  4. Fe fiquei muito curiosa para ler esse livro, a história parece ser muito legal, mas o fato de não ter aquele final já me desanima.
    Vou pensar direitinho antes.
    Abraços
    Vivi

    ResponderExcluir
  5. acho tão estranho séries que não precisam ler na ordem, tipo essa! O único que precisa ser lido na ordem é o último, o De Repente, O Destino.. tenho De Repente, O Amor aqui mas ainda não o li. Gosto de livros eróticos e esse parece bom!

    www.fasciniosliterarios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oiee
    Lindo seu blog! Adoro livros e adoro esmaltes. Vou seguir!!!
    Eu ainda não li nada dessa série, mas tenho curiosidade. As capas são bonitas. Pena que o final não foi legal.

    ResponderExcluir
  7. Oiii Feeh =DD
    Nossa se acredita que eu não me apeguei a essa serie por causa da capa??
    xD
    Fresca eu seei mas quem sabe...eu to ficando cada vez mais curiosa pra ler essa serie xDD
    Bjos sua linda <33
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Essa historia é bem diferente das outras que estou acostumada... Super criativo essa coisa de ser varios homens num só!!
    Acho que darei essa idéia ao marido! hahahahahaha

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  9. Realmente, livros com personagens mimimi são um saco a parte. Sabia que o livro tinha uma alta dose erótica, mas desconhecia essa parte de manter a amizade ou medo de perde-la, até diria ser uma boa opção de leitura se não fosse essa ideia de final simples que vc falou. Pelo visto eles resolvem ficar juntos e vivem felizes para sempre kkkkk
    Super Abraço, Victor Rosa
    encantosparalelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não costumo gostar de livros em que as protagonistas ficam com essa chatice idiota. Elas me irritam profundamente. Mas uma coisa que gosto é quando a história é narrada por mais de uma personagem. Isso dá uma visão mais ampla da coisa.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. não gostei da historia desse livro não :( e nem pretendo ler.... só isso mesmo que tenho que disser :)
    a resenha esta otima só não faz meu estilo de leitura

    ResponderExcluir
  12. Ultimamente, eu tenho gostado desses livros 'hot'! Mas pensaria duas vezes antes de ler "De Repente o amor" por causa do final. É tão frustante quando o livro não tem aquele final que te deixa com um sorriso no rosto ou lágrima nos olhos, né?
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D