Resenha - Austenlândia

1ª Edição , Editora Record, 2014.

Sinopse - Austenlândia - Shannon Hale
Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD. Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e... a companhia de belos cavalheiros.

Austenlândia conta a história de Jane Hayes, uma mulher na casa dos 30 anos e solteirona, apesar de ser linda, inteligente e ter um excelente emprego. Jane é fanática, viciada, obcecada pelo Sr. Darcy. Sim é aquele personagem de Orgulho e preconceito. 


Sua tia-avó Carolyn morre e deixa para ela um presente. Uma viagem com tudo pago para Jane passar férias em Austenlândia, um lugar em que as pessoas precisam esquecer o presente e viver como uma alguém do século XX. Ao chegar lá Jane precisa abdicar de todos os aparelhos eletrônicos, suas roupas e objetos pessoais. Em Austenlândia ela será outra pessoa, quem ela quiser, com outro nome, outra vida, terá que usar aqueles vestidos enormes e volumosos, espartilhos, luz de velas, carruagens, bailes e cavalheiros refinados.

Será que Jane vai suportar essa experiência de viver como alguém do século XX? 

Primeiramente quero começar a dizer que achei Jane uma perturbada. Tudo bem que a maioria dos leitores é obcecado por um personagem literário, mas essa mulher beira a dementice, ela fica tentando achar nos homens alguém como Sr. Darcy. E quando ela começa a fazer uma retrospectiva de todos os seus "namorados". Pelo amor de Deus, ela considera seu namorado um cara que praticamente nem sabia que ela existia. Se formos considerar quem ela realmente saiu, acho que deve se resumir a uns quatro. 

Em relação ao lugar Austenlândia, achei muito bem elaborado pela autora, com muitos detalhes e bem fiel ao século XX. Apesar disso achei meio surreal tudo aquilo. Mas compartilho da opinião que se Jane era tão fanática assim pelo ambiente de Orgulho e Preconceito ela deveria ter se dedicado mais a experiência das suas férias. 

Durante o desenvolvimento do livro Jane tem um caso com um camarada lá que achei super legal. Mas ela sempre fica com aquele pé atrás querendo achar o Sr. Darcy, até que encontra um bom candidato ao posto. 

O Livro é bem curtinho, mas apesar disso achei que a autora enrolou muito com todas aquelas cenas de diálogos do século XX, de visitas que chegavam na casa em que Jane estava, de jantares sem graça e bailes que não tinham nada de baile, que não tinham momentos dignos de serem mencionados. Posso eleger como as melhores partes do livro aquelas em que Jane passa com o cara que ela tem o primeiro romance. O restante do livro é repleto de enrolação da Jane reclamando de estar em dúvida, de não saber o que fazer e blá blá blá. 

Achei o desfecho como um todo muito sem graça, não o fato dela escolher ou não uma pessoa para ficar. Mas achei viajante quando Jane descobre um pouco mais sobre o que de fato se trata a Austenlândia. 

Em suma, o destaque do livro vai para o primeiro romance da Jane, o cara é demais, e foi  quem me proporcionou alegria no livro, sua espontaneidade e o modo como tratava Jane foi show, ou nem tanto. Mas o principal ponto positivo vai para a ambientação de Austenlândia, os pequenos detalhes do parque temático, as casas, os vestidos charmosos, as carruagens, os passeios ao ar livro. Também achei o enredo bem interessante, mas na minha humilde opinião foi mal aproveitado pela autora. O cara que foi criado para ser o dito Sr. Darcy é realmente um Sr. Darcy e gostei que a autora não fugiu a isso. 

Recomendo o livro por ser uma leitura bem interessante e rápida. Pode ser algo bem diferente de tudo o que você já viu. 




10 comentários

  1. Oii, tempinho que não passava por aqui.
    Estive ausente lá do blog e o mundo blogosfera, hehehe
    Feee, nunca tinha ouvido falar desse livro, fiquei bem interessada!!! hehehe
    Já disse que os esmaltes que você usa para dar nota são um luxo? hehehe
    Confere o novo layout do Traduzindo Sonhos, e tem resenha nova!
    Te espero lá!

    Beijoos ^^
    http://traduzindo-sonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. HA! Eu quero! rsrsrsrsrsrrs Apesar de vc achar a protagonista louca, só por ela amar Sr. Darcy, já me conquistou! hehehehehehehe

    A capa tbm é muito bonita, mais um na minha listinha! heheheheheheh

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Uma premissa que tem forte apelo para com as fãs da mestra Jane Austen, mas que foi mal aproveitada. Não tem o brilhantismo das histórias da Austen com seus vários personagens bidimensionais, e principalmente: não temos aqui uma protagonista interessante.
    Como leitura despretensiosa serve, mas para fãs da Austen deve ser bem decepcionante.

    ResponderExcluir
  4. Oieeee, adorei a premissa do livroooo. Adoro protagonistas assim, meio doidinhas. Quem não ama o Sr. Darcy?
    A capa achei meio clichê, mas o que importa é o conteúdo!

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu me apaixonei pela capa desse livro! É linda, linda mesmo! :)
    Pena que a Jane parece ser chata. Realmente, é diferente você se apaixonar por um personagem e ficar obcecada por ele, né?
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  6. Vixi, vamos gostar mas não vamos ser doentes!
    Hahahaha
    Me colocando no lugar dela, eu ia aproveitar deemaisssssssssss o lugar!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  7. Gostei da capa do livro e estava ansiosa por uma resenha. Adorei!!!!
    Vou ler com certeza.

    ResponderExcluir
  8. Oi, eu já tinha visto falar desse livro, achei ele super interessante, e gostaria muito de ler, ainda não li nada da Jane Austen, e to louca para conhecer as obras dela, então um livro que tem uma personagem que gosta muito da autora, seria uma boa para saber um pouco mais sobre ela não é mesmo.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  9. AAff FE, estava até animado para ler e vem sua resenha e me broxa por completo --' Agora não quero mais ler, me desculpe a Editora '-'
    Super Abraço!!

    ResponderExcluir
  10. Oi fê ! achei historia interessante até um certo ponto, pois quem não gosta Sr Darcy , eu adoro, mais autora quis tentar seguir os padroes Jane Austen , mais pelo visto não consegue fazer a historia ter mesmo encanto que ela.Mesmo assim quero colocar este livro para o futuro eu ler.

    http://borboletasdosaber.blogspot.com.br/

    beijos Andrea Carmo

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D