Resenha - O resgate

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580412932
Ano: 2014
Páginas: 320

Sinopse - O Resgate - The Rescue - Nicholas Sparks
Confrontado com situações de extremo perigo, Taylor McAden, bombeiro voluntário, expõe-se até ao limiar do perigo. Denise é uma jovem mãe solteira, cujo filho de cinco anos sofre de um inexplicável atraso de desenvolvimento e a quem ela devota a sua vida numa tentativa de o ajudar. Mas o caso vai aproximar estes seres. Numa noite de tremendo temporal, Denise sofre um acidente de automóvel e é Taylor quem vem socorrê-la. Embora muito ferida, a jovem depressa toma consciência de que o filho já não se encontra na sua cadeirinha do banco traseiro. Taylor irá até ao fim de uma angustiante noite de buscas para o encontrar. Foram tecidas as primeiras malhas que os irão unir - o pequeno Kyle desabrocha ao calor da ternura daquele homem. Denise abandona-se à alegria de um amor nascente. Mas Taylor tem em si cicatrizes antigas, que o não deixam manter compromissos de longa duração. Nicholas Sparks, esse talentoso contador de histórias, intervém com a sua magia redentora e a sua inigualável capacidade de aprofundar a complexidade das relações e dos afetos.


O resgate conta a história de Taylor e Denise. Denise é formada em pedagogia, perdeu os pais muito cedo e acabou engravidando de alguém que não queria o filho e ela se tornou mãe solteira. Ela é mãe de Kyle, um garotinho de cinco anos que desde cedo sempre demostrou dificuldade em seu desenvolvimento. Denise cuida do filho sozinha e por obra do destino acaba tendo que se mudar para a Carolina do Norte, durante esse trajeto ela acaba sofrendo um sério acidente e é socorrida por Taylor.

Taylor é o típico garanhão, sexy, que namorou muitas mulheres, mas que nunca se apegou a uma definitiva. Ele é voluntário no corpo de bombeiros da cidade e chega ao local do acidente para resgatar Denise. Mesmo muito machucada ela tem ciência que seu filho desapareceu e a partir dai a cidade toda se move para encontrar o menino.

Kyle tem dificuldade para se relacionar com as pessoas, mas acaba se apegando muito à Taylor, o que acaba por uni-lo a Denise.

Como eu senti falta dos livros arrebatadores do Sparks, em O Resgate ele esta cada vez mais Sparks. Conta-nos uma história linda, comovente, emocionante e profunda. A narrativa é feita em terceira pessoa, alternando entre os personagens. Incrível como Sparks é capaz de passar ao leitor, todos os sentimentos descritos no enredo, é impossível não se deixar envolver pela história.

Gosto como os personagens do autor sempre tem uma vida própria, sempre são maduros e demonstram um crescimento incrível ao longo da história. O casal não é o melhor de todos, mas até que é bem fofinho. Creio que o ponto alto do livro seja o garotinho Kyle, que é um amor *_* de arrancar suspiros. Toda a história de superação do garoto é emocionante.

Mas como sempre eu sabia que a bondade do Sparks não iria durar muito tempo, nesse livro ele nos mostra novamente porque é conhecido como o autor que sempre faz as leitoras chorarem. Ainda estou aborrecida com ele por esse final e chorando eternamente.

Outra surpresa em O resgate é a nota do autor, Nicholas conta uma experiência pessoal que é de amolecer qualquer coração e arrancar muitas lágrimas.

O livro esta mais do que recomendadíssimo e, por favor, leiam! Muitos dizem que os livros do Sparks são clichês, mas eu sempre acredito que cada história é única.

13 comentários

  1. Eu sou uma das que acham os livros dele clichês e iguais :x Não sei, acho que é muito livro do mesmo autor e com a mesma fórmula em todos sabe? Me enjoa um pouco. Não li O resgate mais sei sobre a nota no final que o autor escreveu e fiquei bem emocionada quando fiquei sabendo.

    ResponderExcluir
  2. Li Uma Carta de Amor do Nicholas mês passado e estou guardando O Resgate para ler nas férias, vou dar esse espaço de tempo entre uma leitura e outra dos livros dele pra não acabar enjoando.
    Adorei a resenha.
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu tbm acredito Feh! Esse homem escreve tão bem! Eu amei este livro, é lindo demais!
    Parabéns pela resenha, fiquei com vontade de ler de novo! rsrsrsrsrs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Esse é um dos autores que não sinto vontade de ler. Ouço muitos elogios sobre os livros do Nicholas, mas não me deixam curiosa. Talvez dê uma chance futuramente e quem sabe eu mude de ideia!?

    ResponderExcluir
  5. Oii Fernanda!
    Amo os livros do Nicholas, sem exceção, e só não li O resgate ainda por falta de tempo.. Mas ele já esta na minha prateleira me esperando! Essa, como todas as histórias do Nicholas provavelmente ira me fazer chorar, achei um tanto clichê (quem lê os livros dele sabe o que estou falando) mas nada que não me faça se apaixonar!
    Olha, antes mesmo de ler a sua resenha eu já sabia que provavelmente o final iria acabar comigo.. O Sparks tem disso, ele me faz odiar os finais dos livros dele e amar ao mesmo tempo <3
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  6. Faz anos que li um livro do Sparks e, apesar do que o povo fala, eu gosto bastante! Ele sabe como prender o leitor! Mais um para minha lista. Boa resenha, Fefa :D

    ResponderExcluir
  7. Ok, confesso que eu sou uma das que acha os livros dele cliches ): Não é por ser romance, mas é pelo rumo que a historia geralmente toma. Não li muitos, mas todos que ja li resenhas ou ja ouvi falar, são ): Meu preferido é "A ultima musica" <3 amo demais demais esse. Mas mesmo assim gosto bastante dos livros dele e dos filmes, e fiquei ate curiosa com esse. Um dia quem sabe, dou uma chance pra eles :p

    ResponderExcluir
  8. Nicholas Sparks é um dos poucos autores de romance que eu leio, o que é estranho, afinal eu odeio histórias clichês. Mas o tio Nich consegue colocar um clichê de forma tão diferenciada e sensível em seus livros que é impossível não se emocionar com eles. Esse em especial é, para mim, um dos mais "diferentes" em termos de trama, apesar de os personagens seguirem aquela linha que todos nós já conhecemos bem.

    ResponderExcluir
  9. Acho Nicholas Sparks um autor que escreve muito bem, amei a resenha de O Resgate, mais por enquanto não vou compra-lo .

    ResponderExcluir
  10. Todos os livros do Sparks são clichês, mas quem se importa?!?! O importante é a narrativa envolvente dele. Consegue nos fazer ficar vidrados em suas tramas mesmo sabendo o que mais ou menos vai acontecer. kkkkk
    Mais um do autor que irei ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Já li o Resgate, bem comovente a história. Porque você ficou aborrecida com o final? kkk

    ResponderExcluir
  12. Todas as histórias do autor são assim, apaixonantes e viciantes. Pelo menos pra mim é. E este parece ser muito mais emocionante. E realmente me sinto muito mais próxima de seus personagens e mais intima, do que em outros livros que já li de outros autores. Seus personagens parecem mais reais . Como se fossem nossos amigos ou vizinhos. Muito bom isso. Ansiosa pra ler este também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Sou suspeita para falar, sou uma fã das histórias de Nicholas Sparks . Já chorei tanto com os livros dele e ainda não me acostumei com os finais ¬¬' . Faço um preparo psicológico antes de iniciar a leitura, falo : "Dessa vez não vou me apegar aos personagens, estou preparada" , só para depois de 253 páginas está com os olhos cheios de lágrimas. Sendo clichês ou não, adoro cada momento, sonho com cada história e me apego em cada personagem . Ainda não me recuperei de "Um amor para recordar ", todavia não é por isso que não embarcarei em " O resgate" :P.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D