Resenha - Breakable

Edição: 1
Editora: Verus
ISBN: 9788576863694
Ano: 2014
Páginas: 364
Tradutor: Débora Isidoro

Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada, levando uma vida tranquila com os pais e tendo um futuro promissor à sua frente até que uma tragédia impensável destruiu sua família e o fez duvidar de tudo que um dia pareceu tão certo.
Agora um intenso e enigmático homem, Lucas só quer deixar o passado para trás. Quando ele conheceu Jacqueline, foi fácil desejar ser tudo aquilo de que ela precisava. Mas se há uma coisa que a vida lhe ensinou é que a alma é frágil e que todos os seus sonhos podem ser destruídos em um piscar de olhos.



Creio que eu não precise resumir a história, já que Breakable é o mesmo enredo de Easy, mas na versão de Lucas. Em Breakable podemos conhecer um pouco mais sobre o passado de Lucas, quando ele ainda era chamado de Landon. O momento da morte da sua mãe e como as coisas começam a mudar, a mudança de cidade, nova escola, novos amigos, o primeiro amor. 

Eu sinceramente achei o começo do passado dele bem monótono, estava quase desistindo de ler as cenas do passado, mas chega um ponto , quando ele conhece a Melody eu passei a me interessar mais pelo passado dele e tentar compreender como as coisas aconteceram, os sentimentos do Landon, observando um contexto geral, foi muito válido poder ver como o Landon lidou com a morte da sua mãe, o relacionamento dele com o avô, que é sensacional e se tornou a minha parte preferida do passado dele. Era lindo ver como ele enxergava no avô um herói, um exemplo a ser seguido e que apesar de estar afundado em seus próprios medos, lutando para sobreviver e sair da escuridão, ele via no avô uma tábua de salvação. 

A narrativa segue intercalada entre Landon ( passado ) e Lucas ( presente). Landon nos conta toda a sua juventude e como ele foi parar na casa dos Heller, podemos reviver toda a história dele e jacqueline, pela visão dele que confesso é melhor do que a dela. Acredito que Tammara tenha feito essa versão para preencher lacunas esquecidas em Easy, felizmente ela respondeu todas as minhas dúvidas, que acredito ser a mesma dos outros leitores. Só senti falta de um plus, mas o próximo livro esta ai pra isso não é? De toda forma, a narrativa continua ótima como em Easy, linguagem simples, sem enrolação, Tammara sempre vai direto ao ponto, o que facilita muito a leitura. 

Se anteriormente eu já tinha enxergado em Lucas uma pessoa incrível, Breakable só me fez ter mais certeza de tudo isso. É gratificante poder ver o crescimento dele, como ele aproveitou a chance e agarrou a primeira oportunidade de sair do buraco. Jacqueline também é uma personagem muito agradável, principalmente porque ela não tem todo aquele mimimi típico das protagonistas do gênero. Ela se entrega ao amor e deixa os seus sentimentos falarem mais alto, eu nunca fui capaz de entender porque as mocinhas sempre querem ficar enrolando. No mais, só tenho a dizer que foi um livro bem especial <3 

A capa esta no padrão do primeiro livro da série e ficou muito linda, a diagramação e revisão perfeita como sempre, adoro o capricho da Verus.



16 comentários

  1. Easy já está na minha lista de leitura e com certeza esse virá em seguida! Estou muito curiosa *-*

    ResponderExcluir
  2. Oi Feh!

    Não tenho interesse em ler esses livros... não sei porque, sério! A história parece ser boa... enfim, quem sabe um dia neh? rsrsrsrrs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Amei o livro Easy, estou bastante interessada em ler esse também e conferia essa história pelo ponto de vista do Lucas.

    ResponderExcluir
  4. Não li Easy e não pretendo ler esse livro O.o
    Com o começo monótono eu estou passando a leitura hehe.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  5. Esse livro me parece ser mais interessante que o primeiro, sei lá, acho que é porque é narrado por um homem rs Mas ainda assim não me interesso muito pela história.

    ResponderExcluir
  6. Acho que não vou esperar pra ler Easy primeiro. Quero conhecer logo o Lucas
    hahaha ;)

    ResponderExcluir
  7. Não li Easy, mas achei interessante a estratégia da autora de contar o mesmo enredo dando os pontos de vista de ambos os protagonistas, só penso que não seriam necessários dois livros para fazer isso, acho que ficou um pouco confuso. A capa segue linda, mas não me interesso muito pela premissa do livro.

    ResponderExcluir
  8. Lucas mesmo com esse seu lado sombrio e reservado, é um rapaz apaixonante. Espero que ele supere essa fase e viva seu amor com a Jacqueline. Adorei saber que este livro relata mais seus pensamentos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Lucas não é só uma pessoa incrível, como também uma pessoa bonita demais e conheci a série e ela ficou muito perfeita.

    ResponderExcluir
  10. Não é uma das minhas temáticas preferidas... Mas, não julguemos antes de conhecer... Posso pensar em lê-lo futuramente.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia nenhum dos dois livros, mas confesso q achei interessante a autora contar a história pelo ponto de vista d ambos os personagens.... mas mesmo assim ainda não aguçou o bastante minha vontade de ler nenhum dos dois.... mas amei a capa..... linda!

    ResponderExcluir
  12. Só eu que não gosto quando começam a lançar volumes pra contar as mesmas histórias, mas com visões diferentes. Eu não critico a quantidade de volumes, critico essa "repetição" das cenas. Acho que pode ter mil partes, desde que cada volume tenha suas narrativas divididas entre as personagens.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Easy ta na minha wishlist faz teeeeeempo, mas não consegui comprar ainda ): To super curiosa pra ler, ja ouvi falarem muito bem dele.. Então Breakable ja entrou pra lista tambem hahhaha :p

      Excluir
  13. GAnhei Breakable e Easy, mas ainda nao chegaram para que eu possa me deliciar nessa leitura, ja me apaixonei por Lucas.

    ResponderExcluir
  14. Oii !
    Ainda não li Easy, mas já to bem curiosa .. Já me encanti com o Lucas só de ler algumas resenhas, então to mais curiosa ainda pra ler esse segundo livro, adoro quando os autores nos conta a história pela perspectiva do protagonista masculino, acho que assim passamos a entender os dois lados! Que bom que gostou, só me deixou mais empolgada *-*
    Bj ;*

    ResponderExcluir
  15. Gostei da sua resenha, mais nao e um livro que me chamou atencao, simplismente nao me interessa :(

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D