Resenha - Bruxa da Noite - Nora Roberts

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580413847
Ano: 2015
Páginas: 320

Sinopse - Bruxa da Noite - Nora Roberts
Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda. Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera. Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar.Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote.Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado.Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.


Bruxa da Noite é o primeiro livro da trilogia dos primos O'Dwyer, uma família que vem herdando de seus ancestrais 'magia'. A magia original da Bruxa da noite foi divida entre seus três filhos e atravessou inúmeras gerações até chegar em Ione Sheehan, Branna e Connor O'Dwyer. 


Seguindo as orientações de sua avó, Iona resolve se mudar para a Irlanda para conhecer melhor seus primos e descobrir um pouco mais sobre seu poder, que ela ainda não faz a mínima ideia de como usar. Assim que chega no pequeno vilarejo, ela logo começa a trabalhar cuidado de cavalos, o que mais adora fazer. É também ai que ela conhece Boyle McGrath, seu chefe, um cowboy bruto, mais ao mesmo tempo muito sexy e prestativo e que esta a par de tudo o que acontece em sua família, ele desperta em Iona suas melhores e maiores fantasias.  Mas o pior ainda esta por vir, um antigo inimigo da família voltou a assombrar os dias de Iona e seus primos e eles precisaram se unir se quiserem derrotar o mal. 

Essa não é a primeira trilogia/série sobre magia que eu leio da Nora Roberts, gosto como ela trabalha bem com os aspectos sobrenaturais e nunca foge ao tema. Seus personagens são sempre muito bem construídos, com personalidades singulares, tanto que apesar de ter lido tantos livros da Nora, ainda não encontrei personagens que eu possam ser parecidos, ela sempre nos traz uma surpresa agradável. 

Uma coisa que eu gosto nessas trilogias da Nora, é que cada livro aborda a história pessoal de um personagem, mas a história se mantém contínua. A narrativa acho que dispensa qualquer comentário, afinal estamos falando de uma das maiores autoras da atualidade, palavras simples, que prendem o leitor a história e nos deixa fascinados até o final. 

Sobre o enredo em si, eu achei a ideia central bem bacana, no entanto, ao meu ver não foi muito bem aproveitada, achei tudo um pouco repetitivo demais. O livro mostra como tudo começou, a origem da Bruxa da Noite e como tudo levou até os dias de hoje, então ainda que a narrativa se mantenha do presente , vamos ver certas cenas do passado, sempre for necessário se explicar algum ponto do livro. Mas não sei, parece que só tinha novidade nas cenas do passado, porque quando estavamos no presente era sempre a mesma coisa, o desenvolvimento do romance, a Iona tentando aprender alguma coisa e a Branna tentando mandar em tudo, Cabhan ( o inimigo) tentando atacar do nada, sem porque, sem pra que, e quando terminava o ataque, começava tudo de novo. Acho que as vezes eu preferia ler as cenas do passado que a mesmice do presente. 

O romance é claro que funcionou muito bem, o casal combinou em todos os aspectos, ela apaixonada por cavalos e ele um cowboy nato. Eles juntos em perfeita sincronia foi o que mais me agradou no livro. Ainda que Iona fosse meio infantil, ela combinava com Boyle que era totalmente turrão. 

Sobre os primos, só tenho a dizer que eles foram os meus personagens preferidos. Branna é mandona demais e acho que por isso eu fiquei encantada com ela, já que minha personalidade é bem parecida com a dela. Connor é sensacional e estou louca para começar a ler o livro dele, o romance em que ele se envolve já fica bem claro nesse livro e estou torcendo muito para tudo dar certo. 

Tenho certeza que Bruxa da Noite foi só uma introdução de uma intensa história de amor e magia. Para quem assim como eu, adora essa combinação, pode se jogar nessa trilogia. A capa é linda e a diagramação ficou perfeita. 


2 comentários

  1. Oi Feh!

    Ha! Como quero ler essa trilogia!!!! *o* rsrsrsrrs
    Adoro a Nora e tenho certeza que o próximo livro estará melhor vio!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Amo a Nora, apesar de nunca ter livro nada dela. Ha ha. 4 estrelas deve ser muito bom.

    devoradores2livros.blogspot.com.br

    Um xero.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D