Resenha: Estudo Independente


Edição: 1
Editora: Única
ISBN: 9788567028347
Ano: 2014
Páginas: 320
Tradutor: Santiago Nazarian

Sinopse: Cia Vale tem dezessete anos e tem tudo o que sempre sonhou: um amor perfeito, um lugar na universidade e um futuro como uma das líderes da Comunidade das Nações Unificadas. No entanto, apesar de todos os esforços do governo para apagar a memória de Cia, ela ainda lembra o que aconteceu. Ela precisa escolher entre ficar em silêncio e proteger a si mesma as pessoas que ama ou expor o Teste e o que ele na verdade é, um programa assassino que deve ser impedido. O futuro da Comunidade depende dela.
No segundo volume da saga de Joelle Charbonneau, a chance de fazer parte da revitalização de uma civilização pós-guerra colide com o desejo de fazer oque o coração manda.

Resenha por Henrique


Malencia Vale sobreviveu ao Teste, mas guardou para si mesma uma gravação que conta tudo que aconteceu durante o programa, que tinha como objetivo selecionar os futuros líderes do país. Diferente do que todos pensam, O Teste se mostrou ser algo terrível.

Na Universidade, onde Cia passou a estudar depois de vencer o Teste, Cia passa a perceber que o que ela ouviu na gravação é verdade; ela sabe que está sendo observada de forma especial por algo que aconteceu e que não pode errar, ou acabará como todos os outros que falharam.

Tentando manter o exterior normal enquanto seu interior guarda segredos e procura respostas, Cia precisa ser o mais cuidadosa possível. À medida que descobre mais e mais sobre o Teste e sobre quem o comanda, ela vai descobrindo também sobre organizações rebeldes que planejam tirar o programa de funcionamento.

Mas, assim como durante o Teste, Cia não pode confiar em ninguém, nem nas pessoas mais próximas, e precisa fazer o possível para salvar a si mesma e a quem ama e tentar ao máximo acabar com a tirania do Teste.

Estudo Independente, segundo volume da trilogia O Teste, mostra ter um enredo mais complexo que o volume anterior quando se fala sobre trama governamental. A trama do livro em si é mais aprofundada, tanto em relação ao Teste quando em relação ao governo. Até Cia se mostrou mais madura nesse livro.

A tensão dessa trilogia sobre não confiar em ninguém deixa todos os leitores apreensivos. Percebemos que Cia realmente não pode confiar em ninguém e a cada momento a autora surpreende o leitor com as reviravoltas que a história dá.

Estudo Independente é melhor que o teste em vários sentidos; como eu já falei, o livro é mais evoluído em seu enredo e em seus personagens, tem uma história instigante e complexa e é bem escrito. Poderia ter um final melhor, mais forte, mas ainda assim ficamos nos perguntando o que vem a seguir.
Leitura recomendada.


2 comentários

  1. Oi Feh!

    Ha! Como eu quero ler este livro logo! kkkkk
    Amei O Teste e fiquei bem curiosa com o final, agora falta é só tempo para conferir EI!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Tenha muita vontade ler O Teste, não sei porque fico enrolando tanto ha ha.
    Curti a resenha.

    devoradores2livros.blogspot.com.br

    Um xero.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D