Resenha: Extraordinário - R.J. Palacio


Edição: 1
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580573015
Ano: 2013
Páginas: 320
Tradutor: Rachel Agavino


Sinopse: O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.


Resenha:

"O legal de crianças pequenas é que elas não dizem coisas para tentar magoar você e, mesmo que às vezes façam isso, não sabem o que estão falando. Quando elas crescem, por outro lado...sabem muito bem o que estão dizendo."
Este livro está a muito tempo na minha estante para ler. Como estou participando de alguns desafios literários, escolhi este neste mês por se tratar de um livro com narrativa masculina. Também o escolhi, porque todas as resenhas que li dele, são incríeis, e claro, eu queria conferir se realmente me encantaria pela obra.

Enfim, Extraordinário é realmente, extraordinário. Neste livro vamos conhecer Auggie, um menino de 10 anos que nasceu com uma deformidade facial que o faz diferente. Auggie passou por várias cirurgias e tratamentos deste quando nasceu, sempre estudou em casa, mas sua mãe, juntamente com seu pai, resolveram o colocar em uma escola. É aí que a aventura de Auggie começa: Ele precisará mostrar para seus colegas da escola, o que sua família vê nele - que além de sua deformidade, ha um garoto normal, que adora Star Wars, adora brincar, e quer ser visto como um garoto comum, com sonhos e desejos.
"Acho que é como o Toque do Queijo, do livro Diário de um banana. As crianças tinham medo de encostar em uma fatia de queijo mofado na quadra de basquete. Na minha escola, eu sou o queijo mofado."
Acabei de terminar a leitura deste livro e gente! Que história fantástica! Fiquei encantada com a narrativa deste menino lindo, carinhoso, gentil e muito inteligente. Auggie me ganhou pela sua simplicidade e paciência. Ele sabe o que as pessoas pensam quando o vê, sabe que é diferente, e não odeia ninguém por isso, ao contrário, faz piadas consigo mesmo e tenta fazer as pessoas verem o que ele tem por dentro.

Seus pais são maravilhosos. Doam tanto amor para ele que é impossível não gostar deles. Sua irmã Via, é mais velha que ele e sempre foi a filha deixada de lado, mesmo assim, é palpável o amor que ela sente pelo irmão.
Auggie fará amigos na nova escola, mas também ganhará inimigos - como Julian, o responsável pelo bullying que Auggie sofre na maioria do tempo.
"não, não  é tudo um acaso. se fosse, o universo nos abandonaria à própria sorte, e o universo não faz isso. ele cuida das suas criações mais frágeis de forma que não vemos. como com pais que amam cegamente. e uma irmã mais velha que se sente culpada por ser humana com relação a você. e um garotinho de voz grave que perdeu os amigos por sua causa. e até uma garota de cabelo rosa que carrega sua foto na carteira. talvez seja uma loteria, mas o universo deixa tudo certo no final. o universo cuida de todos os seus pássaros."
O livro é narrado em primeira pessoa pelos personagens principais da trama. Os capítulos são curtos e como o livro é narrado por crianças, temos uma leitura leve e gostosa, que diferencia cada personagem. Uma das coisas que mais gostei, é que o livro é dividido por partes. Cada parte é narrada por um personagem, mas a maioria quem narra é o próprio Auggie. A editora caprichou na edição - a diagramação está linda, com letras em tamanho confortável para a leitura, folhas amarelas, fontes destacadas para os capítulos e na divisão de partes, que também conta com um desenho (parecido com o da capa) para o personagem que narra e citações de escritores conhecidos.

Sem mais, indico esta leitura gostosa e muito realista. Existem tantos Auggies por aí que na maioria das vezes nem lembramos que eles existem. Aprendi muito com este livro, como consta na capa de trás do livro: "Não julgue um livro menino pela capa cara."
"Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo." - Auggie





3 comentários

  1. Este, é um dos meus preferidos. Amo de paixão mesmo. Que bom que você gostou também. é um livro tão, tão lindo.

    devoradores2livros.blogspot.com.br

    Um xero.

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esse livro! O Aggie é o personagem mais fofo que eu já vi e dá tanto dó dele, pois ele só quer que as pessoas o vejam como um garoto normal! Gosto muito da Summer também <3 ela ignora os comentários sobre ele, o defende como uma verdadeira amiga. Esse livro é sensacional! Amo demais.

    http://madrugadadeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. O Extraordinário é um dos meus livros favoritos! O Auggie é o melhor personagem <3

    http://madrugadadeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D