Resenha - Pulsação - Gail McHugh


Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414349
Ano: 2015
Páginas: 352
Tradutor: Claúdia Costa Guimarães
Pulsação - Emily Cooper sempre pensou que iria se casar e viver ao lado de Dillon Parker. Porém, após conhecer Gavin Blake, toda essa certeza foi por água abaixo. Arrebatada pelo sexy empresário, ela se entregou a uma paixão avassaladora, mas que logo foi abalada por uma dolorosa revelação.Mesmo com o fim do tórrido relacionamento, Emily percebe que está disposta a arriscar tudo para ficar com o homem que domina seus pensamentos e sonhos desde o dia em que se conheceram. Agora ela só pode se apegar à esperança de que Gavin ainda a deseje, apesar de todos os seus erros e defeitos. Com o coração partido, Gavin se isola da sociedade e se fecha em um mundo autodestrutivo. Emily não está acostumada a ser forte, mas terá que encontrar dentro de si a coragem e a confiança necessárias para lutar por seu amor e trazer Gavin de volta.Neste desfecho da série, os leitores ficarão ainda mais apaixonados por Emily e Gavin, envolvidos em uma jornada de perder o fôlego e acelerar a pulsação.


 

Pulsação é a tão esperada continuação de Tensão que terminou daquele jeito tão perturbador e eloquente. Emily Cooper sempre acreditou que seu romance com Dillon Parker seria para sempre, que iriam se casar e viver felizes, mas tudo isso em que ela sempre acreditou começou a desabar no instante em que ela conheceu Gavin Blake, o melhor amigo de Dillon. Ela tenta a qualquer custo resistir a essa paixão avassaladora que a consome, mas acaba aceitando que isso é impossível. 

Acho que na resenha do primeiro livro eu disse o quando o Dillon era um mala, o cara é intragável, insuportável e sinceramente não consigo nem imaginar como foi que a Emily se meteu nessa barca furada, porque querendo ou não, gente chata e neurótica já emite alerta desde o primeiro encontro.

Gavin ficou completamente atordoado com tudo o que aconteceu e com o fato de Emily não estar ao seu alcance, então ele mete o pé da cidade e resolve ir embora e se isolar do mundo, ele passa os dias se afundando na bebida, tentando esquecer a sofrência. Para completar a fossa que ele se meteu, acho que só faltava uma trilha sonora do Pablo e um prato de torresmo para acompanhar o tanto de álcool. Minha gente o negócio parecia uma novela mexicana, e o mesmo vale para a Emily. Mas ela precisará ter forças para lutar pelo seu grande amor, afinal não é todo dia que o amor bate na sua porta. 

A narrativa de Gail continua surpreendente e sufocante, é tanta paixão que o livro só falta entrar e combustão sozinho. Sem deixar de menciona o fato de como ela sempre consegue me pregar boas peças.Consegue fazer todo um mistério em torno do enredo e quando você acha que é uma coisa ela joga outra coisa no seu colo e você tem que aceitar de bom grado. Vi algumas resenhas dizendo que esse livro acabou se tornando desnecessário, mas eu amei, achei super necessário e convenhamos que com o final do último livro era impossível não surtar esperando Pulsação. 

Apesar de ter amado o livro eu ainda acredito que o enredo do livro poderia ter sido mais aprofundado, acabou que a autora focou em uma ponto só e meio que ficou enchendo linguiça, dando voltas e voltas até ter páginas suficientes para terminar. Tinha tanta coisa boa para falar, tanto viés diferente que ela poderia ter seguido, mas optou por um enredo que caiu na mesmice de muitos outros livros do gênero, exceto por uma cena ou outra que ela colocou para tentar despistar o leitor, e conseguiu no meu caso.

Adoro os personagens do livro, tenho uma paixão secreta pelo Gavin, gosto da Emily até certo ponto, as vezes acho ela muito ingênua e sem atitude, também gosto bastante dos personagens secundários, fico encantada com as amigas da Emily e do Gavin, me peguei desejando que a autora crie alguns spin off sobre os personagens também, estão tão curiosa sobre o final deles. O único intragável é o Dillon, esse cara com certeza entra para o hall dos personagens que eu mais odeio. Sem chance pra ele. 

Para quem curte romances com aquela pitada de hot e um pedacinho de drama, pode se jogar nessa leitura, mais novela mexicana que esse, só A usurpadora. 







16 comentários

  1. Oi Feh!

    Ao contrário de vc, não senti nenhuma vontade de ler esses livros... mas bem, gostei de mais da sua resenha e quem sabe, um dia, eu acabe me rendendo neh? rsrsrsrsrrs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia nem o 1º livro, fiquei curiosa, mas como é hot e eu não curto muito, vou passar esses livros pra outra época ^_^
    Abraços :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda, tudo bem? Achei super engraçada a comparação com uma novela mexicana kkkkkk Tô rindo até agora. Não curto muito 'uma pitadinha de hot', mas o livro parece ser bem instigante. Boa sorte em conseguir seu spin-off! :) Bjs

    ResponderExcluir
  4. Novela mexicana né? ahhaha Nem tinha escutado falar dos outros volumes, portanto, nem conhecia personagens, etc, não tenho muito o que dizer :(. Faz mais ou menos o estilo do que eu costumo ler, mas quem sabe? Beijosss

    ResponderExcluir
  5. é tão interessante essa questão de gosto, teve uma pessoa que odiou esse livro; mas agora eu acho que sei pq quem não curte novela mexicana acho que é melhor passar longe... e agora eu fiquei dividida, mas como não sou muito dã de novela....

    ResponderExcluir
  6. CARA! Adorei a dica do Pablo KKKKKKKK Pior que só faltou isso mesmo hahaha
    Odeio o Dillon tbm, minha vontade era amarrá-lo em uma estaca e tacar fogo!
    Eu também amei a conclusão do livro, mas assim como vc, tbm achei que a autora deu uma boa enrolada..

    Beijinhos ;*
    http://www.guardiadebibliotecas.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Kkkkkkkkk, não tinha ouvido falar nem do primeiro, mais esse parece ser bom , e vc comparando com novela mexicana creio e q tem muito drama kkkkk

    ResponderExcluir
  8. Espero que ele não seja aquele Hot que se concentra em vários capítulos com cenas enfadonhas...E vc ainda disse que é semelhante a uma novela Mexicana...pois bem, acho que vou deixar passar esse. :P

    ResponderExcluir
  9. Oi Fernanda, comecei a ler tua resenha e tive que parar, tenho o primeiro livro mas ainda não o li, fiquei com medo de pegar algum spoilerzinho. To pensando em pegar ele o mais rápido possível.
    Bjos

    @Agda01

    ResponderExcluir
  10. Para precisar de música do Pablo deve ser muita sofrência mesmo, rsrs.
    Quero muito ler esse livro mas nem sabia que era continuação, vou procurar ler o outro primeiro agora que já sei.

    ResponderExcluir
  11. Novela mexicana??? OMG! kkkkk Boom, eu não assistia novelas mexicanas, mas o livro parece bom! Mas ok, já estou com muitos hots pra agora, vou dar um tempo antes de procurar esse kkk
    Beijo! ;)

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Pretendo ler esses dois livros em breve.E adoro essas histórias ala novela mexicana cheias de dramas e reviravoltas.E pelo que eu tenho visto todo mundo mesmo odeia o Dillon ,certeza que comigo não vai ser diferente.Só espero que a Emily não me chateie muito,mas de qualquer forma tendo o Gavin no meio dá pra suportar a história.

    ResponderExcluir
  13. Eu ouvi falar que esse livro é melhor que Tensão, mas nada de tão incrível. Como eu não curto esse gênero literário, o livro acabou não me despertando interesse. Nem a capa nem o me chamaram atenção!

    ResponderExcluir
  14. Haha, morri aqui, mais mexicana só A Usurpadora haha. O livro deve ser muito bom mesmo porque mesmo a autora enchendo linguiça você favoritou o livro rsrs, vou tentar ler "Tensão".
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  15. Eu li esse livro por indicação da minha namorada. Achei a Emily muito burra em algumas situações, ela poderia ter evitado muita coisa se estivesse prestado atenção nas coisas que aconteciam.
    Ainda não sei lerei a continuação, pelo menos não nesse momento.

    Gostei da sua resenha :)

    ResponderExcluir
  16. Sabe Fernanda, preciso ser sincera: não me lembro de ler resenhas do primeiro livro e por isso, acho que não consegui pegar o "espirito" descritivo da historia; aparentemente me parece mais um romance conturbado que precisa de decepções para desenrolar, então só teria mais opiniões e concretas após ler a resenha do 1º livro.

    Bjss

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D