Resenha - A garota no trem - Paula Hawkins

Edição: 1
Editora: Record
ISBN: 0857522329
Ano: 2015
Páginas: 372

Sinopse - A Garota no Trem - Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes - a quem chama de Jess e Janson -, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess - na verdade Megan - está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.

Rachel pega o trem de Ashbury para Londres todas as manhãs, ela é completamente fascinada com o percurso e sempre presta atenção nos mínimos detalhes, é fica absorta, hipnotizada com o trajeto do trem. Em um determinado trecho ela observa diariamente os moradores da casa 15, moradores que ela chama de Jass e Janson. 


Rachel fica imaginando como deve ser a vida perfeita do casal. Até que um dia testemunha uma cena que a deixa chocada. Alguns dias depois, ela descobre que Jess na verdade se chama Megan e esta desaparecida, o principal suspeito é o marido, no entanto Rachel tem certeza que não e está disposta a provar isso e vai à polícia contar o que viu, mas acaba descobrindo que esta muito mais envolvida do que deveria.


A garota no trem é um thriller fantástico e envolvente, Paula Hawkins utiliza uma narrativa simples e corrida para dominar a atenção do leitor, a narrativa é intercalada com o ponto de vista de três mulheres da história e isso nos faz tem uma amplitude maior em relação a tudo o que esta acontecendo.

O suspense em relação ao ocorrido é muito bem elaborado, tanto que é quase impossível descobrir a identidade do culpado antes das últimas páginas, eu desconfiei de tantas pessoas, toda hora eu mudava a minha opinião e não consegui me decidir até me deparar com o final e fiquei surpresa pelo óbvio, pelo que estava embaixo do meu nariz e eu não tinha percebido. 

Não gostei da protagonista, ela é uma mulher bem problemática, não assume que tem problemas e não procura ajuda, se recusa a perceber que precisa tomar um rumo na vida, não sei, mas eu achei muito irritante e desgastante ver que toda hora ela se enfiava na mesma foça e adotava atitudes impulsivas. 

Sei que a vida dela realmente virou de cabeça para baixo e entendo como ela deve se sentir, mas ela tem que aceitar que precisa de ajuda. Entretanto, acho que nem isso tira todo a originalidade do enredo e o brilhantismo da história. 

Gostei bastante do resultado final do livro, virei a noite lendo e não me decepcionei. Como eu disse anteriormente o livro era narrado por três pessoas e eu adorei todos os pontos de vistas, foi ótimo conhecer bem o lado de cada uma. 

Como seu sempre digo por aqui, eu não costumo ler muito livros desse gênero, porque sempre me envolvo demais com a história e depois fico imaginando as coisas e tendo pesadelos. E com esse livro não foi diferente, apesar do enredo ser bem tranquilo eu fiquei imaginando as cenas e não conseguia pregar os olhos. 

Em suma, fiquei bem impressionada com a Paula Hawkins e agora entendo porque o livro foi um sucesso de vendas, espero que ela nos presentei com novos livros o quanto antes. A capa é linda, fosca e com detalhes em alto relevo, revisão impecável.




8 comentários

  1. Desde que ouvi falar nesse livro estou morrendo de vontade ler!!!
    Depois da resenha não sei se vou conseguir esperar muito tempo!!

    Abraços ^_^

    ResponderExcluir
  2. Oieee! Tudo bem? Passando aqui no seu blog, adorei seu cantinho...É muito charmoso! E vou fazer um convite pra você, passa lá no meu? Eu to voltando e agora pra ficar!!! http://evelinsloft.blogspot.com.br/
    Beijo Linda!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Feh!

    Não conhecia o livro, a primeir vista não gostei muito da capa, mas amei seu esmalte! hehehehehehehe

    Ótima resenha como sempre, quem sabe um dia eu o leia!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. To morrendo de vontade de ler esse livro mas tb to com medo de ficar imaginando coisas depois pq sou muito medrosa hauhauhau mas acho que a curiosidade vai acabar vencendo :p

    ResponderExcluir
  5. Eu ouvi falar desse livro há um tempo, mas a primeiro momento, eu nem me interessei muito, na verdade kkk , até porque eu não sabia do que se tratava, mas olhando assim, só por ser de suspense (embora eu compartilhe do seu medo), que eu adoro, já vai valer muito a pena ler. Ótima resenha, beijos :*

    ResponderExcluir
  6. Oi Fernanda, tudo bom?
    Mesmo sendo medrosa, não costumo ficar impressionada com thrilers, mas não curto nada voltado para o terror. O que mais gosto no gênero é a capacidade de instigar o leitor e levá-lo por vários caminhos. Esse livro tem esses elementos e vejo muitas pessoas falando da trama. Adorei sua resenha e também teria uma certa raiva da protagonista.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Fê estou mega curiosa para ler esse livro, e sua resenha confirmou minhas expectativas, eu também fiquei pensando quem será que é o culpado, eu gosto de livros que instigam, com certeza já adicionei nas minhas leituras.Bjkas

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Não costumo ler o gênero, então não sei se leria o livro por este motivo, mas fiquei sabendo que vai ter filme, que irei assistir.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D