Resenha // A primeira chance - Abbi Glines

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: B00DPM7QDY
Ano: 2015
Páginas: 257

Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil... Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan. Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan. Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la...



A primeira chance conta a história de Grant e Harlow Manning. Grant é o irmão postiço do Rush e Harlow é a filha de Kiro, o vocalista de uma famosa banda de rock. Quando seu pai sai em turnê ele a envia para passar uns tempos em Rosemary Beach com sua meia irmã Nan, que ela absolutamente odeia.  Harlow tem planos de tentar ser o mais invisível possível, para não ter que lidar com ataques de Nan, mas seus planos vão por água abaixo quando ela vê Grant saindo do quarto de Nan após uma longa noite juntos. 

Grant sempre foi parado na vibe da Nan, mas todo mundo sabe que a ruiva libera veneno por onde passa, ela é mimada, chata, sempre quer ter seus desejos atendidos e não aceita que ninguém a contrarie. Quando Grant pôs os olhos em Harlow ele sabia que ela era completamente diferente da irmã, doce, gentil e carinhosa, ele fica desesperado para esclarecer as coisas com Harlow, mas ela parece não querer ouvir nada vindo de um cara que consegue se relacionar com sua irmã.

Eu sempre me declarei uma fã assumida da Abbi Glines desde o primeiro livro. Quando eu coloquei os olhos em Rush eu soube que me apaixonaria por qualquer personagem que essa mulher me apresentasse, não foi diferente quando conheci melhor Wood e muito menos quando conheci Grant. Esse é o sétimo livro da série e ainda não consigo me decidir de quem eu gosto mais, é praticamente impossível escolher um preferido. 

A história de A primeira Chance é incrível, surpreendente como só Abbi consegue ser, mesmo em uma série tão grande ela consegue ser original. Acredito que a característica mais marcante em seus livros sejam os finais enlouquecedores, aqueles que terminam em um ponto crucial do livro e você não sei outra opção a não ser se sentir desesperado pela continuação. 

Quando comecei a ler o primeiro livro da série, eu não consegui parar e por isso li até o oitavo de uma só vez, eu mal conseguia parar para descansar, mas a medida que eu ia conhecendo melhor todos os personagens eu queria mais dose de histórias eloquentes e intensas. 

Sei que ainda tem por vir mais livros e mal posso esperar para ler, mas vou confessar que não estou nada curiosa pelo livro da Nan, eu odeio tanto a personagem que não conseguiria ler alguma história com ela, mesmo sabendo que Abbi vai fazer milagres com ela. 

A narrativa da autora é sensacional, viciante, agarra o leitor com todas as forças. Vi muitos comentários de pessoas que não gostaram do Rush, por ele ser tão possessivo e impulsivo. Mas gostaria de pedir que dessem uma chance ao Grant e talvez vocês possam se apaixonar por essa autora assim como eu. 

Gostei muito da Harlow, mas ainda acho que ela aguenta muita coisa da Nan, no seu lugar eu já teria dado vários ataques. Ela é uma menina extremamente paciente e altruísta, apesar de tudo o que passou na vida, ainda que ela seja rica e filha de um cantor famoso, ela passou por muitos problemas e deveria ser uma pessoa completamente diferente do que é, mas ela consegue ser tão humilde, caridosa e tem um coração tão grande que eu fiquei encantada. 

Outra coisa muito legal no livro, foi poder rever os personagens dos enredos anteriores, afinal nós sempre sentimos saudades não é? Amo ver o quanto a Blaire esta feliz e realizada.

Harlow e Grant foram um casal mágico e se completam de uma forma única, a química entre eles é tão palpável, parece saltar do livro, foi bom ver tudo desde o começo, quando começaram a se falar, como se conheceram melhor, não gosto muito de romances que são jogados do nada na nossa cara. 

A capa do livro é linda, a revisão impecável e mal posso esperar pelos outros livros da série. Também continuo na expectativa de que a Editora Arqueiro anuncie a aquisição de uma nova série da autora, principalmente Vicent Boys. 

“Sinto muito, Grant. Não poso. Venho protegendo meu coração há anos. Não posso agir diferente agora. Você é perigoso. É difícil resistir àquele sorriso sexy e às palavras doces, mas não posso deixar algo que possivelmente vai me destruir ao entrar na minha vida”






12 comentários

  1. Oi Feh!

    Como só li os livros da história de Woods e Della, deixei este passar, mas depois de ler sua resenha, confesso que to começando a me arrepender... kkkk
    Bem, vou colocá-lo na minha lista de desejados, espero poder lê-lo tbm! rsrsrsrs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaah preciso ler preciso ler *o* parei no começo da serie, agora vou ler tudo de uma vez! hahaha amo a narrativa da Abbi realmente te prende e os personagens, dispensam comentarios (menos a Nan, que é odiavel) <3

    ResponderExcluir
  3. Estava ansiosa já pela lançamento de um livro da Abbi Glines
    Bom saber que a autora continua nos conquistando e que a história é incrível, surpreendente! E o bom do livro é que da para rever os personagens dos enredos anteriores, adoro essa ligação.
    Eu nao gostei mto da capa de A primeira chance, as outras da serie achei melhores.
    Mas ainda vou ler, clarooo!
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Que linda sua coleção, muito lido os livros e as historias surpreendentes, quero toos só li os 2 primeiros emprestado de uma amiga, mais quero muito ler todos... a Abbi Glines é mesmo fantástica.
    Bjocas

    ResponderExcluir
  5. Comprei todos os outros livros na Bienal, e apesar de não gostar de série, as minhas amigas me convenceram. Vou comprando os lançamentos no Brasil e começo a ler ano que vem ou no meio do ano que vem, que já vai ter mais livros lançados. Mas a cada resenha eu fico mais curiosa.

    ResponderExcluir
  6. Eu já escutei tantas coisas boas a respeito dessa autora que só posso reafirmar minha vontade de ler algum livro dela o quanto antes! Não sabia que era uma série, mas agora quero ler mais ainda. Parece justamente o meu tipo de livro favorito. Amei a resenha ♥ (sem falar no livro um caso perdido que eu também amo ali na foto). Beijos :*

    ResponderExcluir
  7. Não sabia que era uma série, parece ser interessante. Tem que ler todos na ordem, ou não precisa?

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  8. eu ainda não li nenhum livro da glines, e meio que desanimei porque a série é enorme e não tem fim (já tô acompanho muitas séries) mas cada vez que eu leio uma resenha eu amo os personagens sem conhecer e fico cada vez mais curiosa... pode ler fora de ordem?

    ResponderExcluir
  9. Eu também gosto bastante dessa série, ainda não li todos que foram lançados aqui mas já li a maioria. Eu gostei bastante do Grant desde o primeiro livro, e também gostei da Harlow no último que li, e imagino que o livro deles deve ser ótimo também. Sem contar que a escrita da autora é realmente ótima, e muuuito viciante hahaha
    Espero ler esse livro logo =D
    Bjss.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Fernanda! O livro A Primeira Chance não me conquistou, principalmente por ser da Abbi Glines, autora que não sou muito fã da escrita. Enfim, se outros livros da autora já eram desinteressantes para mim, este tornou-se ainda pior, pois, os personagens foram o que mais me irritaram tomando rumos da vida e decisões imbecis. A história não foi muito boa, mas aceitável. Não gostei!

    ResponderExcluir
  11. Primeira resenha sua que eu leio e gostei bastante *-* amo resenhas com fotos, assim dá para saber como é o livro e tudo mais.
    Eu já li "Paixão sem Limites" e "Tentação sem Limites" e gostei dos dois. Maaaaaaas, hoje eu já não consigo mais ler algo assim. E quando eu digo "assim", me refiro ao Rush. Igual você falou, ele é muito possessivo e machista. Chega a ser sufocante se você olhar.
    Acho que foi por isso que perdi a empolgação e parei de ler.
    Mas esse eu nunca li nem a resenha. Parece bom. Mas o Grant é parecido com o Rush? Porque se for, posso dar uma segunda chance.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Eu já ouvi diversos comentários positivos sobre essa série, mas confesso que nenhum deles foi suficiente para despertar a minha curiosidade na leitura. Acho que os enredos são bastante superficiais, baseados basicamente em cenas quentes, e isso pouco me atrai. Um livro preciso ter mais do que isso, tem que ter uma trama por trás, pelo menos para me manter envolvida e atenta durante a leitura.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D