Resenha // À Procura de Audrey - Sophie Kinsella

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501104632
Ano: 2015
Páginas: 336

À Procura de Audrey - Audrey, 14 anos, leva uma vida relativamente comum, até que começa a sofrer bullying na escola. Aos poucos, a menina perde completamente a vontade de estudar e conhecer novas pessoas. Sem coragem de sair de casa e escondida por um par de óculos escuros, a luz parece ter mesmo sumido de sua vida. Até que ela encontra Linus e aprende uma valiosa lição: mesmo perdida, uma pessoa pode encontrar o amor.




Audrey é uma adolescente de 14 anos que mora com os pais e dois irmãos, ela levava uma vida comum até começar a sofrer bullying na escola. Logo ela perde a vontade de estudar e de conhecer novas pessoas, fica enfurnada dentro de cada e escondida por um par de óculos escuros, que não tira nem por reza. Ela faz acompanhamento terapêutico e foi instruída a realizar diversas tarefas para ajudar no progresso do seu tratamento. 


Mas as coisas começam a realmente mudar para Audrey quando ela conhece Linus, o melhor amigo e companheiro de jogo do seu irmão. Linus sabe muito bem como lidar com as dificuldades e com as manias que Audrey adquiriu depois de tudo o que aconteceu com ela. Acima de tudo ele vai ensina-la que ainda existe amor. 

Sou apaixonada pela Sophie Kinsella e nunca cansei de dizer que ela é minha autora preferida, desde que comecei a ler assiduamente. Quando soube desse lançamento eu não tive dúvidas que seria mais um sucesso da autora, ainda que ela não estivesse trabalhando com o seu gênero de maior sucesso. Só posso dizer que não fui surpreendida, eu sempre tive certeza do potencial da Sophie e profunda convicção de que esse livro voltado para o público juvenil seria mais um de seus livros brilhantes. 


Audrey é uma personagem sensacional, ela é cheia de dificuldades e precisa supera-las. Quando comecei a ler esse livro, me lembrei um pouco da história do livro Uma História de Amor e TOC, um livro que eu não gostei muito e ao comparar os enredos que tem uma base similar, percebo o quando Sophie foi feliz em sua história e no seu modo de conduzir os personagens, enquanto uma história é massante, cansativa e os personagens são irritantes, Sophie consegue nos mostrar uma história divertida, suave, envolvente e personagens cativantes. 

Não sei se eu tenho um personagem preferido nessa história, acredito que tenha gostado de Audrey e Linus na mesma intensidade. Audrey apesar de todos os problemas que enfrenta é uma personagem engraçada e eu por muitas vezes eu me peguei rindo das coisas que ela falava ou do que aprontava. A família dela é divertida e acho incrível como eles apoiam ela em tudo, talvez a família da Audrey seja o melhor ponto do livro, é impossível não se apaixonar por cada um deles e suas esquisitices.  

Kinsella abordou o assunto bullying de uma forma sensível e posso até dizer que especial, ela fez questão de focar no "depois" e não no "durante", acho que muitos livros ficam batendo na mesma tecla sobre como evitar, como parar e como identificar, mas poucos falam sobre como tratar, sobre como superar depois que tudo aconteceu, porque nem sempre somo capazes de evitar o pior. Acho importante ela ter ressaltado o estado em que as vítimas ficam após sofrerem o bullying e Kinsella trabalha isso de uma maneira delicada e simples, o que é muito interessante para atingir crianças e adolescentes. 

À procura de Audrey é um livro fantástico e não indico só para adolescentes, mas também para os papais e mamães, talvez vocês possam aprender a lidar com um problema se por uma infelicidade ele aparecer. 

Adorei a capa, tem tudo a ver com o livro e a diagramação maravilhosa. 



14 comentários

  1. Oi Feh!

    HAAA!!!! Eu preciso mesmo ler algum livro desta autora, não me condene! kkkkk
    Adorei a resenha, e a capa ta linda!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Adoro leituras que tratam de temas um pouco mais profundos, imagino que realmente ajudam muito alguns leitores e isso é muito importante. Parece um bom livro, espero ler futuramente. Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nada dessa autora, me interessei pela história desse livro, se um dia eu colocar as mãos nele, lerei com certeza :)

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  4. Eu participo de um grupo de livros pelo celular, e sempre me falaram muito bem dessa autora. Comprei o livro dela "Fiquei com seu número" e realmente não é meu estilo. Livro divertido (eu realmente dei risadas) mas a história toda, me cansou muito. Mas esse livro por se tratar de bullying me interessa, mas ainda não vai entrar na minha lista, deixa para o ano que vem!

    ResponderExcluir
  5. eu nunca li nada da kinsella, se bem que esse parece ser bem diferente dos outros livros dela. achei interessante tratar de um tema mais pesado como o bullying é sempre bom alguém tratar de temas assim para fazer a reflexão. mas, por enquanto eu tô fugindo de livros mais pesados

    ResponderExcluir
  6. Eu sou apaixonada por todos os livros da Sophie Kinsella, não tem nenhum livro dela que eu não gostei. Estou doida pra ler esse livro. A história dele parece ser ótima, e pelo jeito todos os personagens são bem construídos, e já sei que vou gostar da narrativa da autora. Então tenho certeza que também vou amar esse livro =D
    Bjss.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Fernanda! Eu gosto muito dos livros da Sophie Kinsella, principalmente quando preciso de humor para sair de uma ressaca literária. Entretanto, À Procura de Audrey me pareceu tratar de um assunto mais denso, sem perder a mara da autora, claro. O livro me encantou com sua premissa e história ao todo, gostei da presença densa do bullying e a sua interação futura. Gostei!

    ResponderExcluir
  8. Hello!
    Amooo chick-lit, entao claro que nao poderia deixar de ler algum livro da Sophie Kinsella. Mas foi uma surpresa qdo soube que À Procura de Audrey nao era como os outros livros da autora e me deixou mas curiosa.
    Adorei o modo que falou da Audrey, já quero conhecer mais sobre a personagem e como foi o desenvolvimento da trama.
    Sophine tem o dom da escrita e fico feliz em saber que ela tratou o bullying com maestria.
    Ainda vou ler com certeza.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Sophie Kinsela <3 Só li um livro dela (pois é, ela tem um monte mas só li um até agora hauhuah) mas ja quer ler só por ser dela :3 E esse livro sempre me chama atenção quando vejo na livraria e agora com a resenha fiquei com vontade de ler *-*

    ResponderExcluir
  10. Ola!!
    Gosto muito de livros com essa temática, gosto mesmo, já estudei tanto sobre isso na graduação, mas nada nos ensina a como lidar com os adolescentes quando se depara com esses casos por isso sempre busco livros com essa temática, e esse eu vejo o quanto é diferente a autora soube usar o humor e de uma forma mais leve.
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
  11. Primeiro: ESSA CAPA ♥ (sim, eu sou a louca das capas haha)
    Nunca li nada da Sophie Kinsella, sim, em que caverna eu estive durante todo esse tempo? É, eu sei.
    Eu gosto de livros que abordam assuntos desse tipo, apesar de muitos deles serem bastante tristes e tal.
    Quem sabe começo a ler livros da Sophie por esse? *-*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. E quanto mais eu olho essa capa mais eu me apaixono!!!!!!!!!!!!!!!!
    Leticia Neves

    ResponderExcluir
  13. Interessante, lidar com um assunto tão sério que é o Bullyng, e ensinar que todo mundo pode ser amado e o amor é uma válvula de escape pra toda essa tormenta e crueldade humana. Nunca li nada da autora mas acho que esse é um bom livro para começar.

    ResponderExcluir
  14. Interessante o modo como a autora conseguiu abordar um assunto tão delicado quanto este, mas que precisa ser discutido. A maneira sensível com que somos introduzidos a isso, e a personalidade da personagem nos mostram que sempre é possível superar essas fases difíceis, e eu acredito que essa seja a maior lição do livro, o que é, principalmente para um enredo voltado ao público juvenil, um grande ponto positivo.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D