Resenha // O Último dos Canalhas - Loretta Chase

Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414752
Ano: 2015
Páginas: 304
Tradutor: Alves Calado

O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela. Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça. Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais. Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.



Em O Último dos Canalhas vamos conhecer Vere Mallory, o duque de Ainswood, um tremendo conquistador que odeia o fardo que seu título o faz carregar, ele não se importa com as regras e não aceita as responsabilidades que seu título carrega, um título que ele chama de amaldiçoado. Vere prefere gastar seu tempo com bebidas, farra e mulheres. Ele acaba de escolher sua próxima conquista, a audaciosa jornalista Lydia Greenville. Mais do que conquista-la, ele pretende se vingar dela, pois ao se envolver em uma confusão, Vere acaba sendo nocauteado por Lydia e vira motivo de chacota na sociedade. 

Lydia é uma jornalista audaciosa, feministas, de língua afiada, conhecida por seus artigos polêmicos que criticam nobres como ele e promove denúncias dos problemas que infringem a sociedade. Lydia sempre se envolve em suas matérias e por muitas vezes acaba se metendo em muitas confusões. Ela e Vere se desentendem logo de cara, mas o destino ia acabar unindo os dois de uma maneira ou outra.



Conheci Loretta Chase quando a Arqueiro trouxe ao Brasil o famoso romance O Príncipe dos Canalhas, que logo me apaixonei, e por isso comecei esse livro com grandes expectativas. Confesso que achei o inicio um pouco arrastado e demorei a pegar no tranco com a leitura, mas o resultado final foi surpreendente e como eu imaginei, nada decepcionante. 

Eu sou completamente fascinada por essas mocinhas que a Loretta cria, sempre mulheres fortes, determinadas, de língua afiada e indomáveis. Acho que por ter a personalidade assim isso faz com que eu prontamente me identifique com as mulheres que a autora criou e com Lydia não foi diferente, ela te toda aquela vontade de mudar o mundo, é tão a frente do seu tempo e não se importa com a opinião alheia e por isso sempre esta tão metida em confusões. 

Como eu disse, o livro começou de forma arrastada pra mim, mas a partir do momento em que o papo do romance entre Vere e Lydia começou eu comecei a me interessar e a leitura fluiu muito rápido. Adoro a narrativa impetuosa e objetiva da Loretta, ela tem um domínio incrível sobre o enredo e nada foge da linha, é tudo tão bem escrito, tão bem amarrado que é até mesmo difícil pontuar algo negativo no livro.



O Último dos Canalhas é um livro intenso, com uma paixão forte e devastadora, o casal praticamente se completa, são tão opostos e ao mesmo tempo tão semelhantes. A narrativa tem aquele toque de humor e ironia como só a Loretta sabe fazer, diversas vezes me peguei rindo do casal, foi algo tão agradável que eu não me importaria se o livro tivesse mais e mais páginas. 

Talvez o que eu mais tenha gostado nos livros que li da Loretta, além do humor é claro, é o fato do romance não ser só um romance, ela sempre coloca um pouco de ação, aventura e as investigações e acho que é isso que torna o livro tão cativante. 

Adorei que os personagens do outro livro também ganharam a chance de aparecer nesse, é bom poder matar a saudade dos nossos queridinhos, não é mesmo. 

A capa é linda e a diagramação ficou impecável como sempre. 







7 comentários

  1. Oi Feh!

    Ganhei os dois livros em uma promoção e quero demais lê-los! Sempre leio coisas boas a respeito e claro, quero conferir por mim mesma!
    Parabéns pela resenha! Só me deixou mais curiosa!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Olá.... Ainda não li o livro... Mas amei a resenha... Me deixou com bastante vontade de conhecer um pouco mais a fundo esse livro... Vou tentar lê-lo em breve... Beijinhos...

    ResponderExcluir
  3. Esse livro parece ser bem interessante, a resenha ficou otima <3

    www.chrisestephane.com

    ResponderExcluir
  4. Nunca li romances de época e todos falam tão bem dos romances da Julia Quinn e da Loretta Chasi. Fiquei muito curiosa para saber mais sobre a história de Lydia, ah, e amei o fato dela ser forte, audaciosa e ter conquistado seu lugar na sociedade como jornalista respeitada:)
    O fato de Mallory ser um canalha, chamou minha atenção, será que ele realmente gosta de ser assim? Fique bem curiosa para saber mais sobre ambos os personagens.
    Acho que vou colocar O Último dos Canalhas na minha 'pequena' lista de livros para ler em 2016!

    ResponderExcluir
  5. Amei esse livro!
    Li no início do ano, e queria mais. Humor, amor e aventura, esse casal me deixou com vontade de quero mais.

    ResponderExcluir
  6. Esses livros de época em geral... São todos tão bons <3 Até nessa sua parte da estante tem uns maravilhosos... Quanto ao último dos canalhas, na verdade, faz um tempo que quero ler o que vem antes a ele, só ainda não tive como comprar! Introduções de livro são assim mesmo, já falei várias vezes aqui, nem me desestimula mais hahaha ótima resenha ♥

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum livro da série. Adoro personagens fortes e essa é das boa sem papas na língua deve falar o que vem a mente. Sem contar que também esta envolvida em causas sociais, deve ser uma personagem e tanto ainda mais pra época que se passa a historia que geralmente as mulheres só se preocupam com a sociedade.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D