Resenha - Ídolos - Margaret Stohl

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501105813
Ano: 2016
Páginas: 386


Segundo volume da série Ícones, sucesso da autora Margaret Stohl, coautora da aclamada série Beautiful Creatures. Num futuro distópico, a Terra foi invadida por alienígenas em uma onda de choque eletromagnético que tornou inoperantes a maioria da tecnologia humana. Embora os extraterrestres nunca apareçam, sua presença comanda o destino de todos. Nessa nova aventura, Dol e os amigos da resistência humana estão em fuga. Eles não podem ser mortos pelos Ícones, como são chamadas as naves-mães que controlam o mundo, mas mesmo assim estão sendo caçados.
Após descobrirem mais rebeldes escondidos nas montanhas, são surpreendidos pelas visões de Dol, que está dividida entre o amor de Lucas e a paixão superprotetora de Ro. Ela sonha com uma criança e faz nascer uma nova perspectiva na luta contra os ETs. Em busca dessa criança, o grupo irá descobrir novas informações sobre seu passado e, finalmente, terá que decidir de que lado ficar.



Ídolos é o segundo livro da série Ícones e quem leu a minha resenha (aqui) sabe que o primeiro livro não me agradou muito, quando a série foi lançada, eu que já adorava a Margaret Stohl e Kami Garcia fiquei ansiosa para conferir livros solos da duas, já que Kami também lançou uma série pra chamar de sua. Adorei a Kami escrevendo sozinha, mas a Margaret deixou a desejar no primeiro livro e também no segundo. 

Quando esse livro foi lançado eu pensei em dar uma nova chance a autora, pensei que o primeiro livro poderia ter sido introdutório e que poderia melhorar nos próximos. Mas minha tese não se confirmou. 

Ídolos se arrastou tanto quanto Ícones....

Nessa série, estamos em 2080 e o mundo foi invadido por alienígenas e toda a tecnologia humana se tornou inútil. Os invasores nunca aparecem, mas exercem seu comando sobre a vida dos humanos. A história continua com os quatro jovens de poderes especiais que estão em fugindo dos chamados Lordes. Dol, é a protagonista, ela é a única sobrevivente da sua família e foi criada por um padre, junto com seu melhor amigo Ro. 



Dol passa a sonhar com uma criança, que tudo leva a crer ser também especial como ela e seus amigos, então eles partem em uma jornada de busca. 

O enredo proposto por Margaret é bem original e prometia ser uma história fantástica, mas o enredo se arrasta, páginas e mais páginas para no final não chegar a luga nenhum, parece que a autora esta querendo economizar o enredo, para deixar a série longa. Você pega o livro achando que vai acontecer várias coisas, mas não passa de um enrolar de história, um enredo que fica se repetindo, andando em círculos. 

Esse foi o problema do primeiro livro, os elementos que a autora se propôs a criar, tinham tudo para dar um ótimo livro, mas ela não soube explorar tudo isso, a impressão que eu tive é que ela estava criando um livro introdutório que que iria avançar mais a partir do segundo livro. Mas não foi isso que aconteceu, ela ainda parece estar no livro introdutório. 

Eu particularmente gosto tanto de Lucas, como gosto de Ro. Eu até aprecio triângulos amorosos, mas quando são bem feitos, o que não foi o caso. A personagens tem como facilmente decidir quem é mais importante para ela e não "consegue". Também gosto muito da Dol, mas esse livro ela conseguiu me deixar a beira dos nervos. 

Não vou dizer que irei desistir da série, pois eu acredito no potencial do enredo, mas acho que a autora tem que mudar muito o seu modo de conduzir a história, ou vai acabar perdendo o que poderia ser um grande sucesso. 

A capa mantém o mesmo padrão do livro um e a revisão e diagramação da editora impecáveis. 

Um comentário

  1. Ooi!!

    É complicado quando a história tem um ótimo potencial e não é bem desenvolvida, né? Eu acho, as vezes, que é pela quantidade de livros com o mesmo gênero - talvez as pessoas queiram inovar muito e acabam se perdendo um pouco na história. Ainda assim, gostaria de ler essa série um dia.

    Beijos :*

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D