Resenha - Por Um Toque de Sorte - Carolina Munhóz


Ano: 2016 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Fantástica Rocco

De Dublin a Paris, Rio de Janeiro e Hollywood, eles estão por toda parte. São os donos das marcas que você usa, comandam os canais de televisão a que você assiste, criam os aplicativos de celular que você baixa. No segundo livro da série Trindade Leprechaun, iniciada com Por um toque de ouro, Carolina Munhóz dá continuidade à história da jovem Emily O’Connell, uma garota bonita e rica, dona de um império fashion, que descobre ser herdeira de uma rara linhagem desses pequenos seres mágicos considerados guardiões de potes de ouro escondidos. Ela só não esperava que esse legado sobrenatural pudesse levá-la para o centro de um esquema perigoso e cruel. Em “Por Um Toque de Sorte”, Emily deixa seu mundo de glamour para trás em busca de um impostor que rouba toques de ouro. Será que ela será capaz de cumprir sua jornada? Isso ela só vai descobrir no final do arco-íris. Se chegar até lá.

// CONTÊM SPOILER DE "POR UM TOQUE DE OURO"

No primeiro livro da Trindade Leprechaun, Emily O'Connel teve sua vida virada de cabeça para baixo ao descobrir que é um Leprechaun, um ser com o dom da sorte, mas tudo foi por água abaixo quando seus pais foram assassinados e o seu dom foi roubado por alguém que dizia gostar dela.

Em Por Um Toque de Sorte, Emily junta forças com um novo aliado e decide ir atrás daquele que a enganou e fazê-lo pagar por tudo, para poder assim resgatar seu Toque e vingar a morte dos seus pais. De Paris ao Rio de Janeiro, Emily embarca numa aventura para salvar seu poder e honrar seu nome, na qual ela descobrirá mais sobre si mesma e sobre o que ela é.

"Ninguém a impediria de seguir seu caminho."

Carolina Munhóz é uma das autoras (mulheres) nacionais que mais admiro: seus livros são sempre cheios de criatividade e com premissas incríveis. Essa trilogia chamou minha atenção pelo tema inovador: Leprechauns! Nunca havia lido nada sobre eles, nem mesmo em autores estrangeiros, e devo dizer que gostei bastante da ambientação que a Carol fez nos livros. Desde o primeiro livro, já havia gostado dos seres, mas nessa continuação a autora se aprofundou bastante na história dos Leprechauns. Isso, pra mim, foi maravilhoso.

Emily sempre foi uma garota confiante e determinada e nesse livro ela está bem mais. No final do primeiro, ela se mostrou bem decidida do que fazer e agora provou que cumpre o que diz. Ela é uma garota forte e corajosa, que não tem medo de fazer ou falar nada. Gosto da Emily <3 Os demais personagens não me encantaram tanto quanto ela, tanto os já conhecidos quanto os novos, mas ainda assim são legais. 

Uma coisa que me incomoda um pouco nos livros é por serem um tanto superficiais; a narrativa foca bastante em marcas e coisas que mostram riqueza. Eu sei que isso é explicado pelo fato de Leprechauns serem sempre ricos e tudo mais, mas foi uma coisa que me incomoda um pouco e eu achei justo comentar. 

Eu achei esse segundo livro um pouco melhor que o primeiro e estou bem curioso em relação ao desfecho da série. Para quem gosta de uma boa história, que mescla romance, aventura e fantasia, a Trindade Leprechaun é boa pedida. Leitura recomendada!


Nenhum comentário