Resenha - Juntando os pedaços - Jennifer Niven

Ano: 2016 / Páginas: 392
Idioma: português
Editora: Seguinte

Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar todas as peças do quebra-cabeça para gravar na memória. Então ele usa marcas identificadoras, como o cabelo, a cor da pele, o jeito de andar e de se vestir, para tentar distinguir seus amigos e familiares. Mas ninguém sabe disso — até o dia em que ele encontra a Libby. Libby é nova na escola. Ela passou os últimos anos em casa, juntando os pedaços do seu coração depois da morte de sua mãe. A garota finalmente se sente pronta para voltar à vida normal, mas logo nos primeiros dias de aula é alvo de uma brincadeira cruel por causa de seu peso e vai parar na diretoria. Junto com Jack. Aos poucos essa dupla improvável se aproxima e, juntos, eles aprendem a enxergar um ao outro como ninguém antes tinha feito.

Jack tem prosopagnosia uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas, ele vê os olhos, a boca, o nariz, os pequenos detalhes, porém ele não consegue unir isso tudo e formar um rosto que ele possa reconhecer, ele não reconhece nem mesmo sua própria família e ninguém sabe disso, justamente por isso ele vive se metendo em confusões. 

Libby já foi a adolescente mais gorda dos Estados Unidos, ela pesava 296kg e passou meses sem sair de casa, até que chegou o dia em que seu pai precisou pedir ajuda. Libby teve sua casa destruída para que ela pudesse sair e de lá pra cá ela perdeu uma centena de quilos e vai finalmente poder voltar a escola. 



Juntando aos pedaços é alternado entre a narrativa de Libby e de Jack e com isso podemos conhecer a história de cada um deles, até que o caminho dos dois se cruzem. Eu comecei a leitura já querendo chorar com a situação de Libby. 

Eu sempre fui uma criança gordinha e também sofri com brincadeirinhas e por isso me identifiquei muito com a história dela e ficava ansiosa pelas partes narradas por Libby, senti o sofrimento dela a cada vez que ela era posta em meio a situações constrangedoras por causa do seu peso.

Eu não tenho muito costume de marcar trechos preferidos em meus livros, mas Juntando os pedaços foi uma leitura tão marcante pra mim que eu senti a necessidade de destacar algumas passagens preferidas, para posteriormente reler. 



Tenho o livro Por lugares incríveis da Jennifer Niver mas ainda não tinha começado a ler, decidi começar por sua nova publicação e sinto que amarei todos os livros dessa mulher, é incrível como ela entende o universo adolescente e é capaz de expor as inúmeras dificuldades que vivemos nessa fase da vida. Jennifer nos apresenta um enredo duramente real, mas que as vezes o tão esperado final feliz pode aparecer.

Juntando os pedaços é um daqueles livros em que a leitura deveria ser obrigatória, esse livro mostra que cada decisão que você toma sem pensar no próximo, pode gerar consequências irreversíveis e dolorosas. Libby é uma menina muito forte, eu no lugar dela não sei se teria aguentado passar por tantas coisas e foi bom poder ver que tudo o que ela passou só a fortaleceu ainda mais. Contudo, sabemos que todo mundo tem o seu ponto de ruptura certo?

Esse é um livro maravilhoso e me deixou completamente sem palavras, gostei de como a Jennifer aborda duas questões sérias de um jeito simples para facilitar a compreensão dos leitores de diferentes idades. 


Libby com certeza foi uma das melhores personagens que eu já conhecei e Jack não fica atrás. Eu ficava agoniada por Jack enfrentar sozinho todos os problemas, no lugar dele eu já teria me aberto com a minha família. Também amei o irmão mais novo do Jack, ele é um protagonista a parte e eu me peguei desejando um capítulo dele. 

Eu decidi não ler esse livro correndo, separei um número de páginas para ler esse livro, porque eu não queria que acabasse logo e quando acabou eu gostaria de começar tudo novamente. 

A capa é incrível e a editora esta de parabéns pela revisão. 






9 comentários

  1. Quero muito ler esse livro. Li Por Lugares Incríveis e amei, é bom demais <3
    As fotos desse post ficaram lindas, parabéns :)
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu ainda não li nada da autora, mas tenho muita vontade de conhecer suas obras. Juntando os pedaços parece ser daquelas leituras intensas e marcantes.
    Já estou encantada pela história e doida para conhecer Jack e Libby.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Nunca li nenhum livro dessa autora e não conhecia esse. A sinopse não me atraiu muito, mas na sua resenha percebi que o livro transmite mensagens muito mais importantes do que aparenta. Acabei ficando curiosa para saber mais sobre a Libby e o Jack e como enfrentam seus problemas. As suas fotos estão lindas!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernanda, se tem uma coisa que eu gosto em uma narrativa, é quando ela é feita por ambos os personagens. Não li o livro ainda, mas gostei e vou anotar a dica.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Não gosto muito de livros onde os personagens são ou estão doentes, sei lá fico muito comovida e meio pra baixo. Mas enfim eles são ótimos para que os leitores possam refletir e dar valor às suas próprias vidas além de treinar a capacidade de se colocar no lugar do outro. Enfim foi ótimo conhecer um pouco mais dessa história e o que ela representou para vc. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!

    ResponderExcluir
  6. Menina, que livro é esse???
    Tô aqui emocionada só com a resenha, imagina quando ler! :O
    Assim como vc, eu tbm fui uma adolescente bem gordinha e, apesar de não ter sofrido bullying na escola, recebia muitos comentários agressivos de familiares (veja só), que viviam reclamando para minha mãe que eu precisava fazer uma dieta. Era triste, mas minha mãe sempre me apoiou muito e me achava linda, haha. Ainda assim, sempre me identifico com o assunto, pois se sentir feio e que todos te julgando é, sem dúvida, algo que traumatiza.
    Adorei os temas propostos pela autora, que não são nada comuns. Com certeza lerei; acabei de colocar na minha wishlist!
    Parabéns pela resenha incrível e pelas fotos maravilhosas! Espero que hj vc não sofra mais com nada disso! <3
    Bjocas,

    www.umdiamelivro.com.br

    ResponderExcluir
  7. Miga sua linda, que resenha emocionante, com certeza é o tipo de livro que mexe com leitor e deixa aquela sensação do que fazemos com a nossa vida e com as pessoas ao redor, que sofre preconceito ou que passa por algo tão penoso. Vou ler esse livro com certeza. Bjkas

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    De cara já me identifiquei com a protagonista, porque sempre fui gordinha também é sempre sofri com isso. Não conheço ainda a escrita da autora, mas tenho muita curiosidade em ler essa obra e Por lugares Incríveis. Adorei a sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá! ♥
    Vejo inúmeras indicações desse livro, só ouço/leio elogios. Estou cada vez mais curiosa!! E depois da sua resenha, não resistirei mais: á inclui na minha lista!
    E que fotos maravilhosaaaaas, arrasou!! ♥

    Beijos,
    Estante da Josy

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D