Resenha - A Árvore dos Anjos - Lucinda Riley

Ano: 2017 / Páginas: 496
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado. Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória. Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical... mas que esconde um lado sombrio. Da aclamada autora da série As Sete Irmãs, A Árvore dos Anjos é uma história tocante sobre amores e perdas, sobre como nossas escolhas de vida podem tanto definir quem somos como permitir um novo começo.
Árvore dos Anjos conta a história de Greta, que retorna ao solar Marchmont após ter deixado de morar lá há trinta anos. Ela recebe um convite de seu velho amigo David para passar o natal no lugar que lhe traz tantas lembranças. Greta sofreu um acidente há muitos anos e perdeu a memória, ao retornar a Marchmont, em um simples caminhada ela se depara com algo que a faz recuperar uma parte da memória, mas ela precisará da ajuda de David para entender o restante de sua história, e por mais dolorosa que seja, ela precisa descobrir a verdade. 

Primeiramente eu queria dizer que não entendi as inúmeras resenhas que andei lendo, dizendo que o livro era muito emocionante, lindo e de fazer chorar. Eu peguei o livro para ler sem ler a sinopse, mas pelas resenhas que tinha lido, comecei a leitura pensando que seria um romance e não poderia estar mais enganado. 

O livro não tem nada de lindo, nada de fazer chorar, chorar só se foi de medo, já que eu sou medrosa e tive até dificuldade pra pegar no sono depois dessa leitura. 

Árvore dos anjos é sim um livro forte, mas não emocionante ou lindo, ele aborda uma história incrível, de personagens fortes e batalhadores. Greta passa por inúmeras situações difíceis, ela acaba de ficar grávida e o pai da criança se mandou, sem saber o que fazer ela vai sendo levada pelo que a vida a oferece. Ela tenta fazer o melhor pelos filhos, mas nem sempre isso será o melhor de fato. 



O livro tem uma narrativa absolutamente incrível e é agoniante. A história é intercalada ora no presente, ora no passado, nos mostrando tudo que levou Greta a estar na atual situação. Conforme Lucinda ia narrando e nos apresentando a história de Greta, eu ficava cada vez mais agoniada e nervosa com a situação, me perguntando o que eu faria no lugar de Greta. 

Achei incrível mesmo a narrativa da autora, fiquei impressionada com a descrição de várias cenas e em muitas cenas eu fiquei apavorada, com medo REAL, tem uma cenas muito bizarras. A ambientação foi incrível e eu podia me sentir dentro do livro. 

O livro tem sim um "casal" a se surgir, mas nada super romântico, uma vez que o romance não é o foco do livro. 

Apesar de ser um livro com um enredo extenso, a leitura flui muito rapidamente e eu terminei em umas cinco horas de leitura, fiquei a madrugada toda lendo. O resultado final, foi que eu gostei bastante dessa leitura, um livro aparentemente comum, mas com um desenvolvimento curioso e surpreendente. 

Ao terminar a leitura fiquei um bom tempo analisando toda a história e pensando o que a personagem poderia ter feito de diferente para evitar o que de fato aconteceu. Também fiquei com medo da história e relembrando as cenas inquietantes que eu li. 

Árvore dos anjos é sim um livro admirável, mas ao mesmo tempo apavorante. Recomendo o livro para quem adora boas histórias com personagens fortes e um toque de suspense. 


2 comentários

  1. Também li resenhas sobre esse livro e elas não me deram ânimo em ler; já que descreveram o livro como sendo um livro de drama.
    Sua resenha mudou totalmente a ideia que eu tinha dele e me fez querer ler. Não costumo ler livro que dê medo(kkk), porém esse me deixou bem curiosa.

    ResponderExcluir
  2. Nossa essa resenha despertou meu interesse em ler, adoro suspense e fiquei curiosa em saber porque você ficou com medo, parece ser uma historia densa e que nos deixa refletindo sobre as atitudes da personagem.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D