Top 3 - Destinos literários

Oi gente! Tudo bem?

Não sei vocês, mas sempre quando eu leio um livro e sei que é uma cidade real, eu sempre fico doida pra conhecer, pra visitar os locais mencionados pelos personagens, pra sentir que eu vivi alguma das muitas histórias que eu leio.

Eu tenho uma lista enorme de lugares que gostaria de conhecer, mas separei aqui os meus preferidos e os que assim que possível, eu pretendo visitar.

Vamos conhecer?

 Rosemary Beach


Sou tão apaixonada pelos livros da Abbi Glines que um dos meus sonhos é conhecer Rosemary Beach *__* Vamos conhecer um pouco mais?

Rosemary Beach fica na Flórida nos Estados Unidos, é uma cidade pequena que surgiu somente em 1995, à beira da praia. É acessível por carro ou por via aérea, já que o Aeroporto Internacional Northwest Florida Beaches fica a menos de 30 minutos da cidade.

Já quero conhecer a praia maravilhosa, ver as casas incríveis e luxuosas e também os clubes de golfe que ficam ao redor da cidade. 

Vem só dar uma olhada nessas fotos.





Escócia - Outlander

Depois que li Outlander fiquei com a ideia fixa na Escócia, comecei a assistir uma penca de histórias que se passam no país, procurei livros que se passassem na Escócia e também fiquei procurando mais informações sobre locais para visitar, o que tem pra fazer e por ai vai. 

A Escócia é um dos países que fazem parte do Reino Unido, as terras ao norte da Escócia é denominada de Highlands, é uma região montanhosa e encantadora, é o local que eu mais quero visitar no país. 

É lá também que fica o lago Ness, daquela história do monstro do lago Ness.

Já quero ver gente de kilt KKKKKKKKKKK. 

Vem dar uma olhada nessas fotos lindas. 




 

Florença - A sombra do passado

Sou louca por qualquer livro que se passe na Itália e principalmente em Florença. O meu sonho da vida é conhecer a Itália, então sempre fico louca com qualquer gostinho que eu possa ter, com a sensação de me sentir vivendo no local do livro. 

Florença é a maior cidade da região da Toscana, foi o berço do renascimento italiano e por muitos anos foi considerada a cidade referencia para o mundo da moda. Florença foi por séculos governada pela famoso família Médici ( lembro deles dos livros de história, mas principalmente pela série Reign hahahahahah)

É um destino maravilhoso e muito rico em arquitetura. Vem conferir as fotos.


























E me contem, tem algum lugar que vocês já leram nos livros e ficaram loucos para conhecer?

Resenha - Volúpia de Veludo - Loretta Chase

Ano: 2017 / Páginas: 320
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Simon Fairfax, o fatalmente charmoso marquês de Lisburne, acaba de retornar relutantemente a Londres para cumprir uma obrigação familiar. Ainda assim, ele arranja tempo para seduzir Leonie Noirot, sócia da Maison Noirot. Só que, para a modista, o refinado ateliê vem sempre em primeiro lugar, e ela está mais preocupada com a missão de transformar a deselegante prima do marquês em um lindo cisne do que com assuntos românticos. Simon, porém, está tão obcecado em conquistá-la que não é capaz de apreciar a inteligência da moça, que tem um talento incrível para inventar curvas – e lucros. Ela resolve então ensinar-lhe uma lição propondo uma aposta que vai mudar a atitude dele de uma vez por todas. Ou será que a maior mudança da temporada acabará acontecendo dentro de Leonie? Volúpia de veludo, terceiro livro da série As Modistas, é uma história de amor envolvente, com personagens femininas fortes e determinadas que transitam com perfeição entre o romantismo e a sensualidade.

Nesse terceiro livro da série, conhecemos Leonie Noirot, a irmã que administra a Maison Noirot. Leonie sempre colocou os negócios do atelier em primeiro lugar e sua nova missão é transformar a deselegante prima do marquês de Lisburne em uma mulher desejada por todos os homens disponíveis da temporada. 

O que Leonie não esperava é que ela fosse se render aos encantos de Simon Fairfax, o marquês de Lisburne, e apesar de sempre ter o atelier como uma prioridade, ela agora terá que lidar com algo novo em sua vida. 

Adoro essa série e até o momento ela é a minha preferida da Loretta Chase, porém eu juro que esperava muito mais desse livro. Leonie era minha irmã preferida e eu estava ansiando por esse livro. Porém, apesar de ser uma leitura prazerosa, ele nem chegou perto de ser o melhor livro da série.

Leonie sempre foi uma personagem muito sensata e foi isso que me conquistou nela, ela tem o atelier como uma prioridade de vida, ela gosta de ser uma mulher independente, e é muito bom encontrar isso em livros e romances de época. 

Gostei do protagonista masculino, mas não achei nada absurdamente bom. O romance deles vai se aprofundando aos poucos e foi bem bacana acompanhar todo o desenvolvimento. Leonie foi bem relutante em admitir o amor e as vezes isso me irritava um pouquinho. 

Sou uma fã da narrativa da Loretta Chase, ela consegue tornar qualquer leitura muito prazerosa. Achei a série como um todo de uma originalidade impecável, é bem difícil encontrar romances de época em que mulheres tenham uma profissão e que não aceitem se casar e deixar a vida de lado, Loretta consegue criar enredos bem feministas em uma época nada feminista. 



Acho que o ponto que mais me incomodou no livro foi mesmo o enredo, achei que tudo acontecia de uma maneira muito devagar, parecia que Loretta estava esticando o enredo pro livro ficar maior e nem mesmo sua narrativa incrível conseguiu dar um jeito nesse enredo. O casal tinha química sim, mas ainda faltou alguma coisa, talvez um final mais bem elaborado.

Gosto do toque de investigação que Loretta coloca em seus livros, mas confesso que nesse livro eu fiquei sem entender, não vi muito sentido no problema criado e confesso que foi desnecessário um problema que não envolvesse de maneira direta a Maison Noirot, claro que o problema afetou o atelier, mas o que eu digo é que o problema não surgiu em face do atelier e somente foi uma consequência de algo. Enfim, não curti muito esse aspecto.

Novamente eu fiquei apaixonada por Lady Clara e preciso muito da história dela, estou ansiando por isso. Também gostei de Lady Gladys, acho que as duas merecem uma história só pra elas. 

A capa dessa série é maravilhosa, uma das melhores capas de romance de época que eu tenho na minha estante. Por fim, o livro apesar de um enredo fraco, conseguiu ser bom no geral, acho que a narrativa da Loretta salva tudo, isso sem falar nas personagens que são ímpares, adorei matar a saudade da Marcelline e de Sophia. Sem dúvidas as irmãs costureiras fazem parte da lista de melhores personagens de romances de época. 

A revisão ficou ótima, assim como a diagramação. 




Resenha - F*ck love - Tarryn Fisher

Ano: 2017 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Faro Editorial

Helena Conway se apaixonou. Contra sua vontade. Perdidamente. Mas não sem motivo.Kit Isley é o oposto dela desencanado, espontâneo, alguém diferente de todos os homens que conheceu. Ele parece o seu complemento. Poderia ser tão perfeito... se Kit não fosse o namorado da sua melhor amiga. Helena deve desafiar seu coração, fazer a coisa certa e pensar nos outros. Mas ela não o faz... Tentar se afastar da pessoa amada é como tentar se afogar. Você decide fugir da vida, pulando na água, mas vai contra a natureza não buscar o ar. Seu corpo clama por oxigênio sua mente insiste que você precisa de ar. Então você acaba subindo à superfície, arfando, incapaz de negar a si mesma essa necessidade básica de ar. De amor. De desejo ardente. Você pode pensar que já viu histórias parecidas, mas nunca tão genuínas como essa. Tarryn, a escritora apaixonada por personagens reais, heroínas imperfeitas, mais uma vez entrega algo forte, pulsante, que nos faz sofrer mas também nos vicia. Depois dela, todas as outras histórias começam a parecer como contos de fadas. Se você não quer se viciar, não leia a primeira página.

Esse livro com certeza vai ficar para a história como uma das minhas leituras preferidas. Pense em uma protagonista, com o perdão da palavra, foda. 

Helena se apaixonou perdidamente por Kit. Kit é o oposto de tudo o que Helena sempre procurou nos homens, mas ainda assim eu não poderia deixar de ser mais perfeito para ela, isso se ele não fosse o namorado da sua melhor amiga, Della.

Sem perigo de spoiler, já que é a cena inicial do livro, Helena tem um sonho e depois desse sonho ela começa a mudar muitas coisas em sua vida, aquilo que ela fazia por ser o certo, começa a não parecer tão mais certo pra ela. Se antes ela pensava em ser contadora, agora ela descobriu o seu amor por artes e por ai vai. 

De logo você percebe que Kit e Della não deveriam nunca na vida, ficarem juntos. Della é uma pessoa completamente dependente dos outros e isso me irritou numa quantidade impossível descrever. Você logo percebe o seu jeito folgada e a vontade de querer que todo mundo faça o que ela quiser. Eu realmente não sei como Helena pôde se tornar amiga de uma pessoa assim. 

Helena leva uma vida acomodada, ela se apaixona pelo namorado da melhor amiga, mas não toma nenhuma atitude, só vai empurrando com a barriga, até que um dia ela tem um choque de realidade e resolve recomeçar sua vida longe da dupla Kit e Della. Ela se muda para outro Estado, começa um novo emprego e busca principalmente conhecer a nova Helena. 

Esse é um livro que principalmente fala sobre a dor do amor, a dor de perder um amor, mesmo que ele nunca tenha te pertencido. É maravilhoso acompanhar todas as descobertas que Helena faz sobre sua vida, o novo emprego que se encaixa perfeitamente com a pessoa que ela é agora, os novos amigos, a nova rotina. Ela sofre por amor e isso é o melhor do livro, é mostrar que nenhum sentimento se vai tão fácil, é preciso sentir a dor da perda pra conseguir ir em frente. 



Helena é uma personagem inspiradora, ela é corajosa, destemida e principalmente leal, aos amigos, aos seus princípios, não há traição aqui. Helena e Kit juntos me conquistou complemente, você percebe como o sentimento vai surgindo aos poucos, como eles percebem que despertam um no outro o melhor de si, mas Kit foi covarde, covarde por muitas vezes e isso me desesperou em vários momentos da leitura.

F*ck Love não é um livro sobre as maravilhas da vida, sobre como tudo pode dar certo, é um livro que vai te ensinar que nada vem fácil, que para chegar até a luz no fim do túnel é preciso passar por inúmeros obstáculos, muitas vezes bem dolorosos. É um livro inspirador e impactante, sobre amor, sobre a dor do amor, sobre descobertas, sobre atos de coragem, mas também de covardia. Tarryn Fisher mostra como todos nós podemos ser vulneráveis a dor do amor. 

Eu nem tenho palavras suficientes para expressar o quanto essa leitura foi marcante, eu tenho indicado esse livro para absolutamente todos os meus amigos. Pra quem conhece ou já conheceu o amor, essa é uma leitura obrigatória, esse livro te faz entender muitas coisas que acontecem em nossas vidas e como você deve se amar acima de tudo. 

Esse foi o meu primeiro contato com a Tarryn Fisher e confesso que já estou encantada com sua narrativa, foi uma leitura extremamente rápida e prazerosa. 

A edição e diagramação do livro é incrível, a capa me deixou sem palavras. E um adendo, esse livro faz muitas referências a Harry Potter e isso só me deixou ainda mais apaixonada por F*ck Love.

Para quem adora marcar quotes no livro, separa bastante post-it, porque aqui temos uma infinidade de frases inspiradoras. 



Resenha - Rainbow - M.S Fayes


Ano: 2017 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Pandorga

Rainbow Walker sempre se sentiu diferente das garotas da sua idade. Com um nome peculiar e uma família estranha, ela nunca conseguiu estabelecer vínculos ou manter muitas amizades. Agora, em uma nova cidade, ela terá que se adaptar a uma nova escola e rotina, ao mesmo tempo em que precisa deixar sua introspecção de lado. Mas Rainbow não está sozinha nessa jornada, já que uma pessoa inesperada entra em seu caminho, fazendo com que ela precise rever todos os velhos preconceitos em relação aos outros, se obrigando a deixar as pessoas entrarem na sua vida.Reviravoltas, conflitos familiares e toda espécie de desventuras típicas de uma adolescente no Ensino Médio não podem competir com o que ela menos esperava encontrar: o amor e a autodescoberta.
Primeiramente já vou confessar que eu comprei o livro porque achei a capa maravilhosa. hahahaha! Sorry! mas eu sou dessas. 

O livro conta a história de Rainbow Walker, uma jovem de dezessete anos, que tem uma família um tanto quanto estranha, seus pais são hippies reais e vivem se mudando de cidade em busca de uma vida livre para os filhos, mas enquanto seus irmãos, Sunshine e Thunder Storm, sempre se adaptam perfeitamente a qualquer ambiente, Rainbow é uma pessoa mais quieta e de poucos amigos.

Sua família acaba de se mudar para uma nova cidade e ela terá que começar tudo de novo, mas dessa vez parece que as coisas serão diferentes, Rainbow conhecece Thomas Reynard e mocinho não é nada do que ela esperava, é muito mais. 



Esse é um young adult que aborda perfeitamente os dramas de uma vida adolescente, bullying disfarçado de brincadeirinhas, a dificuldade em fazer e principalmente mantes amigos, o primeiro amor, a caminhada até a faculdade, relacionamento com os pais, festas e por ai vai. A autora consegue de maneira efetiva trazer para o livro o que acontece no mundo real e os sentimentos são tão verdadeiros que o leitor acaba se envolvendo muito com o enredo.

A narrativa é feita pela Rainbow e em alguns momentos pela visão do Thomas e isso aproximou bastante o leitor.  Martinha traz uma narrativa deliciosamente viciante e por isso Rainbow é um livro de fácil e rápida leitura. Digo com propriedade que Rainbow me surpreendeu muito e não foi só um livro de capa bonita. É um livro marcante para quem ainda é adolescente ou para quem assim como eu, passou por vários problemas na adolescência, assim como a protagonista. 

Mocinhos apaixonantes como Thomas Reynard, Thunder Storm e Mike me levaram a desejar que esse livro abra caminho para o início de uma série, quero história com todos. Vilões odiosos dão aquele toque de fúria no leitor, foi impossível não se irritar com Cybella. 

Me identifico muito com a protagonista, eu e Rainbow temos muito em comum e isso foi uma dos muitos motivos para eu ter me prendido a história. Sunshine tem um espírito muito livre e ela foi uma das minhas personagens preferidas também. Fiquei chocada com a atitude dos pais de Rainbow e sinceramente, umas pessoas dessas nem merecem ter filhos e falo isso porque sei que tem gente assim na vida real. 

Por fim, só tenho a recomendar para quem assim como eu adora romances Young Adult e já aviso que você irá se viciar nessa história fantástica, assim como eu. Capa linda, história mais linda ainda. Pode se jogar com toda certeza, Rainbow foi uma surpresa muito agradável. 


Lançamentos de Julho: Editora Rocco


Oi Pessoal!!
Bora conhecer os lançamentos desse mês da Editora ROCCO e seus selos???
Confiram:

Resenha - Os Guardiões do Sangue - Carter Roy

Ano: 2017 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Rocco Jovens Leitores

Ronan Truelove tem 13 anos e uma vida normal até o dia em que sua mãe, após buscá-lo na escola, se envolve numa perseguição em alta velocidade. Sem entender muito bem o que está acontecendo, Ronan descobre que seu pai foi sequestrado e que a mãe faz parte de uma antiga ordem, os Guardiões do Sangue, formada por espadachins responsáveis por proteger os Puros. De repente, toda a agenda de atividades extracurriculares – ginástica, judô e até treinamento de sobrevivência – de Ronan começa a fazer sentido, afinal, ele se vê no meio de uma aventura tão perigosa quanto emocionante para garantir o bem-estar das 36 almas nobres que mantém o equilíbrio do mundo. Em meio a surpresas e perigos de todos os tipos, Ronan se alia a parceiros improváveis, se apaixona, descobre talentos que nem imaginava que possuía e, principalmente, encontra seu verdadeiro propósito.



Notícias - Romances de época que serão lançados pela Record em 2017



O Grupo Editorial Record anunciou uma grande novidade para os amantes de romance de época, o grupo pretende lançar dezesseis novos livros do gênero ainda esse ano. Livros de autores consagrados no Brasil e de autoras famosas que ainda não tinham alcançado o mercado brasileiro. Se você, assim como eu, é fã de romances de época, vem conferir essas novidades. 


A primeira novidade divulgada pela Editora Record é a publicação da trilogia do Príncipe da Elizabeth Hoyt. Com capas lindas e dignas de da autora incrível, o primeiro livro, O príncipe Corvo já esta disponível para venda em todas as livrarias e O príncipe leopardo já entrou em pré-venda.



O príncipe corvo -Inglaterra, século XVII. Anna Wren é viúva e mora com a sua sogra em uma casa simples no interior do país. As finanças não vão bem desde a morte do seu marido e ela decide procurar um emprego. É assim que o seu caminho se cruza com o do conde Edward de Raff, dono de uma personalidade intimidadora, mas em busca de um secretário que possa transcrever alguns de seus documentos. Mesmo sendo contratada sem o conhecimento do conde e insistindo em desafiá-lo diante de suas grosserias, Anna fica com o emprego. Nasce aí uma atração mútua que ambos insistem em esconder. Então ela descobre que ele planeja visitar o mais famoso bordel em Londres para atender a suas necessidades “masculinas”. Ora! Anna fica furiosa — e decide satisfazer seus desejos femininos… com o conde como seu desavisado amante.

Já lançado



O príncipe leopardo - Lady Georgina Maitland não quer um marido, embora ela pudesse ter um bom administrador para cuidar de suas propriedades. Ao pôr os olhos em Harry Pye, Georgina percebeu que não estava lidando apenas com um criado, mas com um homem. Harry conheceu muitos aristocratas — incluindo um nobre que é seu inimigo mortal. Mas nunca conheceu uma dama tão independente, desinibida e ansiosa para estar em seus braços. Ainda assim, é impossível ter um relacionamento discreto quando ovelhas envenenadas, aldeões assassinados e um magistrado furioso tumultuam o condado. Os habitantes culpam Harry por tudo. Enquanto tenta sobreviver em meio à desconfiança e manter o pescoço de Harry longe da forca… Georgina não quer perder outra noite de amor.
 Previsão de lançamento: Agosto




O príncipe serpente - Lucy Craddock-Hayes está satisfeita com a vida tranquila no campo. Até o dia em que ela tropeça num homem inconsciente — um homem inconsciente e nu — e perde para sempre a sua inocência. O visconde Simon Iddesleigh apanhou de seus inimigos até quase a morte. Agora ele está determinado a se vingar. Mas quando Lucy cuida dele para restaurar sua saúde, a sinceridade da jovem surpreende sua sensibilidade calejada — enquanto acende um desejo que ameaça consumir os dois. Encantada com a inteligência aguda de Simon, seus modos urbanos e até com os sapatos de solado vermelho, Lucy rapidamente se apaixona por ele. Embora sua honra o mantenha longe dela, a vingança envia os agressores de Simon à sua porta. Enquanto o visconde entra em guerra contra seus inimigos, Lucy combate pela própria alma, usando a única arma que tem — seu amor…
Previsão de lançamento: Setembro


Novamente Meg Cabot chega com seus romances e época maravilhosos *_* sou super fã da autora e já quero o livro na minha mesa. 

Nicola Sparks, uma órfã de 16 anos, está pronta para mergulhar de cabeça em sua primeira e incrível temporada na sociedade londrina. Ela também está pronta para mergulhar de corpo e alma nos braços do charmoso e cortês Lorde Sebastian Bartholomew. O sonho de Nicola é receber um pedido de casamento do visconde — um sonho que finalmente está prestes a se realizar! Portanto, naturalmente, ela fica muito irritada com as insinuações de Nathaniel Sheridan a respeito do caráter duvidoso de seu noivo. No entanto, quando a jovem é tomada pela curiosidade, ela mesma começa a juntar algumas peças dessa história. Para sua surpresa, Nicola percebe que estava atrás do visconde errado, desde o começo… Será que é tarde demais para fazer a coisa certa?

Previsão de lançamento: Agosto

Aos 16 anos, Lady Victoria Mansfield, Tory, a caçula do conde e da condessa de Fairmount, tem por destino uma vida encantadora e uma gama de pretendentes à sua altura. Até que uma assustadora descoberta ameaça arruinar sua vida e denegrir o nome de sua família para sempre: seu sangue está contaminado… por magia. Quando um terrível acidente obriga Tory a revelar seus poderes mágicos, ela é imediatamente exilada para a Abadia de Lackland — um reformatório para jovens de sua posição social que também carregam o terrível dom da magia. O maior desejo da garota é ser curada, voltar para casa e, talvez, recuperar um pouco de sua vida despedaçada. Em vez disso, porém, a curiosidade e a atração pela magia levam a jovem a se unir a alunos rebeldes, que resolveram usar seus poderes mágicos para proteger a Inglaterra.
Previsão de lançamento: Agosto




Criada por um pai severo e frio, a encantadora, culta e impetuosa Whitney Stone não tem medo de dizer aquilo que pensa nem de romper com os rígidos padrões de conduta esperados de uma moça da sociedade inglesa do século XIX. Principalmente quando o assunto é o belo Paul. Determinada a conquistar o coração do jovem, ela não mede esforços para chamar sua atenção, mesmo que isso signifique ser motivo de fofocas e chacotas da pequena vila onde vive. Sem saber mais como lidar com a filha, o pai de Whitney decide mandá-la para a casa dos tios em Paris, onde receberá aulas de como se tornar uma dama. Sob o cuidado dos amorosos e dedicados tios, ela desabrocha em uma mulher sofisticada e bela, tornando-se a sensação da esfuziante sociedade parisiense. Fato que não passa despercebido ao belo e poderoso Clayton Westmoreland, o Duque de Claymore, que faz um acordo com o pai de Whitney para se casar com ela.
De volta à Inglaterra e sem saber que seu destino está selado, Whitney está decidida a conquistar seu primeiro amor, desprezando o crescente interesse do duque. Clayton sabe o que quer e está disposto a enfrentar quaisquer obstáculos para conquistá-la. Mas, mesmo quando o poder de sedução do duque a envolve, Whitney não abre mão de seu sonho de um amor perfeito.
Publicado originalmente em 1985, Whitney, meu amor é o livro de estreia de Judith McNaught, responsável por consagrá-la como uma das escritoras mais populares dos Estados Unidos. Meticulosamente pesquisado e tendo como o cenário o charme do campo e a sociedade londrina no período da Regência, esse clássico romance histórico é uma narrativa comovente, com protagonistas fortes e apaixonantes.

Previsão de lançamento: Agosto


Jane Austen é uma das escritoras mais amadas do cânone literário inglês. Seus romances mudaram os rumos da ficção para sempre, e sua escrita permanece tão fresca, divertida e espirituosa quanto nos dias em que foram publicados. Repleto de exercícios úteis, belas ilustrações e citações esclarecedoras dos romances e das cartas da autora, este livro ensinará seus métodos, dicas e truques, a partir de técnicas de planejamento e caracterização para diálogo e suspense. Seja você um entusiasta da escrita criativa às vésperas de publicar seu primeiro romance, um professor em busca de mais inspiração para suas aulas, ou um curioso à procura de informações sobre os rituais diários de Austen, este é um companheiro essencial, garantido para satisfazer, informar e deliciar.

O clube de escritores de Jane Austen é um guia de aconselhamento literário de caráter atemporal.
 Previsão de lançamento: Setembro




[CAPA EM CONSTRUÇÃO]
Neste romance impactante, a escritora britânica Elizabeth Gaskell revela a luta de classes entre trabalhadores e patrões vigente na Manchester do século XIX. John Barton, operário que cria sozinho sua filha, Mary, leva uma vida humilde com o pouco que ganha por seu trabalho na fábrica. A moça logo começa a trabalhar como costureira, para ajudar seu velho pai nas despesas.
Jem, um jovem membro da família Wilson, amiga dos Bartons, desde cedo nutre um sentimento pela bela Mary. Juntas nas dificuldades, as duas famílias seguem firmes frente às injustiças cometidas contra os trabalhadores. A jovem, porém, se ilude com as propostas de Henry Carson, filho do dono da fábrica em que seu pai trabalha, formando o triângulo amoroso que permeia a trama.
A situação social se agrava e, entre a falta de emprego e os salários miseráveis oferecidos, os trabalhadores escolhem negociar e protestar. Gaskell nos apresenta um final surpreendente, tanto para o embate social quanto para o desfecho amoroso.

Previsão de lançamento: Outubro


O poderoso e perigoso highlander Dair Sinclair foi, um dia, o filho preferido de seu clã, os Sinclairs de Carraig Brigh. Com Dair no leme, os navios Sinclair circularam pelo globo trazendo uma incrível fortuna para casa. Até uma missão mortal quando Dair é capturado, torturado e incapaz de salvar seu primo. Ele volta pra casa com o peso da culpa e passa a ser conhecido como o louco de Carraig Brigh. Quando um curandeiro pagão prevê que apenas uma noiva virgem pode curar o corpo e a mente de seu filho, o pai de Dair parte em busca da esposa perfeita para seu filho. No castelo dos temíveis McLeods, ele conhece a adorável e gentil Fia MacLeod. Embora Dair faça o seu melhor para assustar Fia, ela consegue enxergar o homem que existe por baixo da culpa e usa seu charme e presentes especiais para curar sua mente e coração. Dair deixará Fia amá-lo ou ele será amaldiçoado com loucura para sempre?
Previsão de lançamento: Outubro




Filha mais nova da família Brontë, Anne era irmã de Emily Brontë, autora de O morro dos ventos uivantes, e de Charlotte Brontë, autora de Jane Eyre — livros clássicos e reeditados até hoje. Anne Brontë (1820-1849) desafia as convenções sociais do século XIX neste romance, A senhora de Wildfell Hall. A protagonista da obra quebra os paradigmas de seu tempo como uma mulher forte e independente, que passa a comandar a própria vida. Ao chegar à propriedade de Wildfell Hall, a Sra. Helen Graham gera especulação e comentários por parte dos vizinhos. O jovem fazendeiro Gilbert Markham, por sua vez, desperta um grande interesse pela moça e, aos poucos, vai criando uma amizade com ela e com seu filho. Porém, os segredos do passado da suposta viúva e seu comportamento arredio impedem que o sentimento nutrido pelos dois se concretize, fazendo com que Gilbert tenha dúvidas sobre a conduta da moça. Quando a Sra. Graham permite que ele leia seu diário a fim de esclarecer os fantasmas do passado, o rapaz compreende os tormentos enfrentados por aquela mulher e as razões de suas atitudes. Ela narra sua história até então, desde a relação com um marido alcoólatra e de conduta abominável até a decisão de abandonar tudo em nome da proteção do filho.
Já lançado.



Tristan Thorne, o Conde de Wintry, não é um homem para brincadeiras. Com uma vida de segredos, amado e odiado na sociedade, ele não é o parceiro ideal para uma dama. Dorothy Miller não sabe o que há por trás de suas motivações, apenas que ele é bastante intenso. Os jornais dizem que ele bebe demais, joga demais e ama escandalosamente. E até mata. Como uma dama determinada a ser dona do próprio destino como Dorothy Miller acaba em um acordo com um homem como Lorde Wintry? Você teria coragem de guardar um segredo com o maior terror dos salões londrinos? Lembre-se: Nunca faça acordos com ele, pois o conde sempre volta para cobrar.
Já lançado.

A Editora também anunciou a publicação da série Highlands da Karen Marie Moning. Nem preciso dizer que estou ansiosa demais pelo lançamento. Não tenho a foto da capa brasileira em alta resolução e por isso coloquei as capas gringas, quando a editora liberar eu atualizo o post com as novas fotos. O primeiro livro da série de chama Além das Brumas.
Sinopse de Portugal: Ele era conhecido por todo o reino como Açor, lendário predador de campos de batalha e alcovas. Não havia mulher capaz de recusar o seu toque, mas mulher alguma lhe fizera jamais estremecer o coração — até uma vingativa fada trazer Adrienne de Simone, aos trambolhões, da Seattle dos tempos atuais para a Escócia medieval. Cativa num século que não era o seu, ousada até mais não, sem papas na língua, ela era um desafio irresistível para o conquistador do século XVI. Coagida a casar-se com Açor, Adrienne jurou mantê-lo à distância — mas a sua doce sedução devastou tal resolução.
Uma prisioneira no tempo
Ela tinha um perfeito "não" nos seus perfeitos lábios para o famigerado laird, mas Açor jurou que ela haveria de sussurrar o seu nome com desejo, implorando a paixão que ele ansiava por inflamar dentro dela. Nem mesmo as barreiras do tempo e do espaço o deteriam na conquista do seu amor. Apesar da sua incerteza quanto a seguir os impulsos do seu coração apaixonado, as reservas de Adrienne não igualavam a determinação de Açor em mantê-la ao seu lado…

Previsão de lançamento do primeiro livro: Agosto.



Aos vinte e um anos, Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas. Ali, ela conhecerá Gareth, o enigmático líder do clã que vive no local mais remoto e bucólico da Escócia. Envolto em uma aura de mistério, ele luta para manter suas tradições, seus segredos e, principalmente, seu povo em segurança. Enquanto o austero Gareth tem a vida toda sob controle e resiste a mudanças, Lizzie está muito entusiasmada com suas explorações e descobertas. Porém a vida de ambos é alterada de maneira inexorável quando uma fatalidade transforma a tão sonhada aventura de Lizzie em pesadelo. Vindos de mundos tão diferentes, mas unidos por uma atração irresistível, Lizzie e Gareth vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos.

Resenha - O livro de Sangue e Sombra - Robin Wasserman

Ano: 2017 / Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Fantástica Rocco

Quando tudo parecia caminhar bem, um atraso para um encontro muda a vida de Nora Kane para sempre. Seu melhor amigo, Chris, está morto; a namorada dele, Adriane, em estado catatônico; e Max, o príncipe encantado de Nora, desaparecido. Mas o que parecia um pesadelo ruim o suficiente, fica ainda pior quando Max se torna o principal suspeito do crime. Desesperada para provar a inocência do namorado, a jovem, que trabalha num projeto de pesquisa traduzindo antigos manuscritos do latim, segue a trilha de sangue sem se importar com o destino final. E ele vai levá-la dos Estados Unidos à histórica Praga, e ao centro de um enigma que inclui uma teia obscura de sociedades secretas movidas pela ambição de encontrar a Lumen Dei, uma misteriosa máquina que contém a receita para o conhecimento supremo e para a comunhão com o divino, e que estaria enterrada num manuscrito de centenas de anos.


Resenha - Temporada dos Ossos - Samantha Shannon

Ano: 2016 / Páginas: 448
Idioma: português
Editora: Fantástica Rocco

Distopia com uma pegada sobrenatural são os ingredientes da série Bone Season, de Samantha Shannon, que chega ao Brasil pelo selo Fantástica Rocco. Ambientada em 2059, a trama acompanha a protagonista Paige Mahoney, uma andarilha onírica, alguém capaz de entrar na mente das pessoas e captar pensamentos e fragmentos de sonhos. Considerada traidora pelo governo, Paige paga por seu dom com a sua liberdade e é enviada para uma prisão secreta em Oxford. Lá, ela conhece os Rephaim, criaturas de uma raça antiga que desejam controlar a clarividência de Paige e de outros como ela, e precisará aprender a confiar em aliados improváveis não só para reconquistar a liberdade, mas garantir a própria sobrevivência. Considerada um dos principais nomes da literatura de fantasia dos últimos tempos, Samantha Shannon entrega aos leitores um romance surpreendente e arrebatador.

Caixinha de Correio - Retrospectiva Junho

Oi gente! 

Em junho chegou muito livro legal aqui em casa e vim aqui fazer uma retrospectiva e mostrar tudo para vocês. Sei que algumas fotos vocês já viram no instagram, mas tem gente que não tem acesso ao aplicativo e por isso acho legal mostrar aqui também. 

Se você ainda não segue a gente no instagram, tá esperando o que? Clica aqui


Big Rock chegou da Faro editorial e tem resenha AQUI



Nossa Música chegou da editora Arqueiro e em breve tem resenha


Volúpia de Veludo também chegou da editora arqueiro e em breve tem resenha.


A ordem dos clarividentes chegou da editora Rocco, tem a resenha do livro um AQUI


Caraval foi uma comprinha de maio que só chegou em Junho. Em breve teremos resenha.


Crueldade também foi uma comprinha de maio que chegou em junho, em breve resenha.


Rainbow!!!! Comprinha maravilhosa, já finalizei a leitura e a resenha deve sair ainda essa semana. 



E ai, gostaram dos recebidos? Algum desses livros esta na lista de desejos de vocês?