Resenha - F*ck love - Tarryn Fisher

Ano: 2017 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Faro Editorial

Helena Conway se apaixonou. Contra sua vontade. Perdidamente. Mas não sem motivo.Kit Isley é o oposto dela desencanado, espontâneo, alguém diferente de todos os homens que conheceu. Ele parece o seu complemento. Poderia ser tão perfeito... se Kit não fosse o namorado da sua melhor amiga. Helena deve desafiar seu coração, fazer a coisa certa e pensar nos outros. Mas ela não o faz... Tentar se afastar da pessoa amada é como tentar se afogar. Você decide fugir da vida, pulando na água, mas vai contra a natureza não buscar o ar. Seu corpo clama por oxigênio sua mente insiste que você precisa de ar. Então você acaba subindo à superfície, arfando, incapaz de negar a si mesma essa necessidade básica de ar. De amor. De desejo ardente. Você pode pensar que já viu histórias parecidas, mas nunca tão genuínas como essa. Tarryn, a escritora apaixonada por personagens reais, heroínas imperfeitas, mais uma vez entrega algo forte, pulsante, que nos faz sofrer mas também nos vicia. Depois dela, todas as outras histórias começam a parecer como contos de fadas. Se você não quer se viciar, não leia a primeira página.

Esse livro com certeza vai ficar para a história como uma das minhas leituras preferidas. Pense em uma protagonista, com o perdão da palavra, foda. 

Helena se apaixonou perdidamente por Kit. Kit é o oposto de tudo o que Helena sempre procurou nos homens, mas ainda assim eu não poderia deixar de ser mais perfeito para ela, isso se ele não fosse o namorado da sua melhor amiga, Della.

Sem perigo de spoiler, já que é a cena inicial do livro, Helena tem um sonho e depois desse sonho ela começa a mudar muitas coisas em sua vida, aquilo que ela fazia por ser o certo, começa a não parecer tão mais certo pra ela. Se antes ela pensava em ser contadora, agora ela descobriu o seu amor por artes e por ai vai. 

De logo você percebe que Kit e Della não deveriam nunca na vida, ficarem juntos. Della é uma pessoa completamente dependente dos outros e isso me irritou numa quantidade impossível descrever. Você logo percebe o seu jeito folgada e a vontade de querer que todo mundo faça o que ela quiser. Eu realmente não sei como Helena pôde se tornar amiga de uma pessoa assim. 

Helena leva uma vida acomodada, ela se apaixona pelo namorado da melhor amiga, mas não toma nenhuma atitude, só vai empurrando com a barriga, até que um dia ela tem um choque de realidade e resolve recomeçar sua vida longe da dupla Kit e Della. Ela se muda para outro Estado, começa um novo emprego e busca principalmente conhecer a nova Helena. 

Esse é um livro que principalmente fala sobre a dor do amor, a dor de perder um amor, mesmo que ele nunca tenha te pertencido. É maravilhoso acompanhar todas as descobertas que Helena faz sobre sua vida, o novo emprego que se encaixa perfeitamente com a pessoa que ela é agora, os novos amigos, a nova rotina. Ela sofre por amor e isso é o melhor do livro, é mostrar que nenhum sentimento se vai tão fácil, é preciso sentir a dor da perda pra conseguir ir em frente. 



Helena é uma personagem inspiradora, ela é corajosa, destemida e principalmente leal, aos amigos, aos seus princípios, não há traição aqui. Helena e Kit juntos me conquistou complemente, você percebe como o sentimento vai surgindo aos poucos, como eles percebem que despertam um no outro o melhor de si, mas Kit foi covarde, covarde por muitas vezes e isso me desesperou em vários momentos da leitura.

F*ck Love não é um livro sobre as maravilhas da vida, sobre como tudo pode dar certo, é um livro que vai te ensinar que nada vem fácil, que para chegar até a luz no fim do túnel é preciso passar por inúmeros obstáculos, muitas vezes bem dolorosos. É um livro inspirador e impactante, sobre amor, sobre a dor do amor, sobre descobertas, sobre atos de coragem, mas também de covardia. Tarryn Fisher mostra como todos nós podemos ser vulneráveis a dor do amor. 

Eu nem tenho palavras suficientes para expressar o quanto essa leitura foi marcante, eu tenho indicado esse livro para absolutamente todos os meus amigos. Pra quem conhece ou já conheceu o amor, essa é uma leitura obrigatória, esse livro te faz entender muitas coisas que acontecem em nossas vidas e como você deve se amar acima de tudo. 

Esse foi o meu primeiro contato com a Tarryn Fisher e confesso que já estou encantada com sua narrativa, foi uma leitura extremamente rápida e prazerosa. 

A edição e diagramação do livro é incrível, a capa me deixou sem palavras. E um adendo, esse livro faz muitas referências a Harry Potter e isso só me deixou ainda mais apaixonada por F*ck Love.

Para quem adora marcar quotes no livro, separa bastante post-it, porque aqui temos uma infinidade de frases inspiradoras. 



2 comentários

  1. Amei sua resenha, jà li uma série da Tarryn e um livro dela com a diva Collen Hoover, to encantada com esse livro, gostei de saber que é pra separar bastante post- it , adoro livros que fazem referência ao Harry Potter, mais uma vez obrigada pela indicação

    ResponderExcluir
  2. Pelos elogios deve ser muito bom, vou querer ler.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D