Resenha - A Pequena Livraria dos Corações Solitários - Annie Darlin

Ano: 2017 / Páginas: 308
Idioma: Português
Editora: Verus

Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários!


Considerado um dos romances contemporâneos mais fofos na minha singela opinião, A Pequena Livraria dos Corações Solitários merece todo seu amor e atenção.

Posy Morland é uma jovem de 28 anos que perdeu os pais em um acidente de carro e ficou responsável pela criação do irmão mais novo, Sam, hoje com 15 anos. Os dois vivem no apartamento sobre a livraria Bookends, onde Posy passou boa parte de sua vida entre as estantes de seus romances favoritos. 

Quando Lavinia, a dona da livraria, morre, ela deixa para Posy a Bookends sob a condição de que se em dois anos ela tem que fazer a livraria voltar a ter lucro, caso contrário, ela perde a livraria para Sebastian, o odioso e mimado neto de Lavinia.

E é aí que toda a história começa. Posy começa a ter ideias sobre como transformar a Bookends numa livraria famosa e lucrativa, isso é, se Sebastian deixar ela trabalhar em paz, pois desde o falecimento de Lavinia, ele a perturba quase todos os dias tentando dar pitaco onde não é chamado.

Posy é aquela personagem que você se identifica de cara. Viciada em romances, principalmente os de época, você como leitor, se vê em Posy. Autoras e autores que todos nós amamos são constantemente citados ao longo do livro e isso me fez sentir a Posy. Pela primeira vez li um livro onde eu não apenas me simpatizei com a personagem, eu me senti a personagem.

Sebastian é aquele tipo de cara que você detesta, mas no fundo tem uma queda por ele. Mimado, egoísta, esnobe e até mesmo arrogante, a princípio você o detesta, até que começa a enxergar através daquela postura de homem frio de negócios e logo percebe que o mimado é apenas ele sendo cuidados, o egoísta é ele sendo ciumento e possessivo com relação a Posy e o esnobe é ele mostrando o quanto ele não consegue deixar Posy ou sair do seu lado.

Aos poucos, junto da Posy, você vai conhecendo um outro lado do Sebastian e é simplesmente impossível você não torcer para os dois. 

Repleto de sarcasmo, romance e quotes maravilhosos, esse livro é aquele que todo leitor de romance deve ler. É uma obrigação! Leia e você não vai se arrepender.

E a melhor parte é que esse é apenas o primeiro volume da Série A Livraria dos Corações Solitários. Ansiosa para o próximo!

                                                     

3 comentários

  1. Amooo de paixão as suas resenhas, eu já tava doida pra ler esse livro, agora com toda certeza do mundo esse livro vai pro toda da lista❤

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha <3
    Vou colocar na lista. AMO ROMANCES <3
    Parece ser lindo esse livro <3

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Já tinha visto esse livro apesar de ter achado a capa lindo ,não havia colocado na minha lista, agora já quero ,to louca pra conhecer a Posy, mais uma vez uma resenha maravilhosa

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D