Lançamentos: Editora Rocco


Oi pessoal!
Bora saber o que tem de novo na Rocco??
Confira abaixo:



O renomado neurocientista britânico David Eagleman, roteirista e apresentador da série da BBC The Brain, escreve a história da nossa espécie a partir das particularidades da sua mais complexa estrutura. Lançamento da coleção de ciências Origem, Cérebro – Uma biografia é uma jornada pelo denso emaranhado de neurônios e conexões que compõem o cérebro humano e fazem dele um dispositivo capaz de configurar a si próprio em resposta às experiências práticas e aos estímulos externos. Com linguagem clara e bem-humorada, o autor busca respostas para questões centrais da existência como “Quem sou eu?”, “Como eu decido?” e outras, a partir da análise do comportamento cerebral humano, explica a capacidade do cérebro de recuperar funções danificadas, reflete sobre como a tecnologia pode alterar o sentido de “ser humano” e revela o quanto podemos “hackear nosso próprio sistema” para compreender quem somos e nos tornarmos pessoas melhores.

Um jornalista solteiro e entediado de trinta e poucos anos e um espalhafatoso casal de franceses octogenários são os protagonistas do novo romance do prestigiado escritor, tradutor e jornalista Bernardo Ajzenberg. Em Gostar de Ostras, Marcel e Rachelyne Durcan invadem o cotidiano monótono de Jorge, seu vizinho, de forma semelhante à trepadeira que cresce desordenadamente no jardim do prédio onde moram, compensando sua presença caótica com uma flor roxa de beleza intensa. Com sua prosa ao mesmo tempo firme e sensível, Ajzenberg envolve o leitor com a história dessa amizade improvável, que levará os Durcan a revisitar seu passado difícil, incluindo os motivos que fizeram com que deixassem seu país, e que mostrará a Jorge que a vida pode ser mais desafiante e colorida do que ele se acostumou a imaginar.

Diretora de Comunicações do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), Melissa Fleming expôs a situação de Doaa Al Zamel pela primeira vez numa palestra do prestigiado ciclo de conferências TED. Agora, a história da jovem síria que sobreviveu ao naufrágio do barco pesqueiro em que tentava fugir do seu país devastado e chegar à Europa, salvando ainda a vida de uma criança confiada a ela pela mãe em seus últimos suspiros, chega às mãos dos leitores brasileiros. Uma esperança mais forte que o mar é o emocionante relato da trajetória de Doaa, hoje refugiada na ilha de Creta, e a luta pela sobrevivência de tantos emigrantes que arriscam suas vidas numa busca desesperada por paz e um futuro seguro.


Depois de O conto da aia, que deu origem à prestigiada série The handmaid’s tale e alcançou o status de bestseller mais de 30 anos após a publicação original, outro romance de Margaret Atwood vai ganhar as telas, desta vez pela Netflix, e volta às prateleiras com nova capa pela Rocco. Inspirado num caso real, Vulgo Grace conta a trajetória de Grace Marks, uma criada condenada à prisão perpétua por ter ajudado a assassinar o patrão e a governanta da casa onde trabalhava, na Toronto do século XIX. Com uma narrativa repleta de sutilezas que revelam um pouco da personalidade e do passado da personagem, estimulando o leitor a formar sua própria opinião sobre ela, Atwood guarda as respostas definitivas para o fim. Afinal, o que teria levado Grace Marks a cometer o crime? Ou será que ela estaria sendo vitima de uma injustiça?

Ellie Kolstakis tem 21 anos, ótimas amigas, uma boa situação financeira, está terminando a faculdade de Literatura Inglesa e ainda é... virgem. Mas ela está decidida a mudar isso até a sua formatura. Afinal, ela não escolheu esperar até o casamento, muito menos possui restrições religiosas ou está à procura de um príncipe encantado. O fato é que Ellie simplesmente não tem sorte quando o assunto é amor e sexo. Decidida a virar o jogo nos quatro meses que restam até se formar, a jovem divide seu tempo entre o trabalho de conclusão de curso, depilações inusitadas, seu blog, festas, conselhos de amigas e até mesmo tutoriais constrangedores no YouTube, envolvendo-se em situações mirabolantes e, claro, hilárias, da primeira à última página.

Ganhador do Man Booker Prize e um dos principais nomes da literatura britânica, Julian Barnes transita entre o romance, o conto e o ensaio com destreza e naturalidade. Em Mantendo um olho aberto, o ficcionista dá lugar ao intelectual, sem abrir mão do prazer da narrativa, numa série de ensaios sobre arte. Focalizando quase dois séculos de produção pictórica, Barnes conduz o leitor pelo labirinto de tendências, escolas, estilos, correntes e vertentes que compõem o universo da pintura, analisando desde obras clássicas, como A balsa da Medusa, de Géricault, até os perturbadores nus de Lucien Freud, neto do inventor da psicanálise; do cubismo à pop art; de pintores badalados como Cézanne e Delacroix a mestres pouco populares, como Vuillard e Juan Gris, sempre movido pela convicção de que a pintura não se limita a capturar a emoção do mundo exterior e que a ambição maior da arte é renovar nossa visão de mundo.

Quando a chuva aflige o vilarejo de Véu-Vale pelo terceiro dia consecutivo, as ruas iluminadas por tochas ficam desertas; as janelas, uma a uma, se fecham; nesses dias, quem caminha pelas ruas de Véu-Vale caminha sozinho. Em O coletor de espíritos, novo romance de Raphael Draccon, um dos principais nomes da literatura de fantasia nacional, Gualter Handam, antigo morador do vilarejo e hoje um psicólogo prestigiado, se vê obrigado a retornar ao local que povoa seus pesadelos. Depois de tantos anos, ele terá de encarar antigos fantasmas e enfrentar uma força desconhecida e furiosa, numa jornada de sacrifício e redenção que poderá finalmente libertar todo um povo das garras do medo.


Depois de Por um toque de ouro, em que Emily O’Connell, herdeira de um império fashion, descobre ter o dom da sorte e fazer parte de uma rara linhagem Leprechaun, e Por um toque de sorte, em que é levada para o centro de um esquema perigoso e cruel por alguém que está se apropriando de seu dom, a jovem protagonista da Trindade Leprechaun, trilogia de fantasia contemporânea inspirada nas lendas irlandesas, luta para recuperar o que é seu em Por um toque de magia. E enquanto retoma o controle sobre seu próprio destino, Emily acaba se apaixonando, no emocionante desfecho da série, repleto de fantasia e romance.





Bjo bjo^^


Um comentário

  1. Adirei os lançamentos, já ansiosa pra mais um livro da Diva maravilhosa Margaret Atwood!Só li um livro dela até agora e amei a escrita dela ,já quero o livro já pra aguardar a nova serie da neflix!

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D