Resenha - Mulher-Maravilha // Sementes da Guerra - Leigh Bardugo

Ano: 2017 / Páginas: 400
Idioma: português
Editora: Arqueiro
Sinopse: Antes de se tornar a Mulher-Maravilha, ela era apenas Diana. Filha da deusa Hipólita, Diana deseja apenas se provar entre suas irmãs guerreiras. Mas quando a oportunidade finalmente chega, ela joga fora sua chance de glória ao quebrar uma lei das amazonas e salvar Alia Keralis, uma simples mortal. No entanto, Alia está longe de ser uma garota comum. Ela é uma semente da guerra, descendente da infame Helena de Troia, destinada a trazer uma era de derramamento de sangue e miséria. Agora cabe a Diana salvar todos e dar seu primeiro passo como a maior heroína que o mundo já conheceu.



 Diana é filha da deusa Hipólita e tudo o que ela mais quer é se tornar uma amazona, mas quando essa oportunidade chega, ela joga tudo para o alto ao quebrar uma lei das amazonas e salvar a vida de Alia, uma mortal. Só que Alia não é uma garota comum, ela é o que se chama de semente da guerra, uma descendente de Helena de Troia, destinada a trazer guerra, assim como todas as mulheres de sua árvore genealógica. Diana agora terá a missão de salvar o mundo e provar que é uma verdadeira amazona. 

Comecei a leitura sem nenhuma expectativa e acho que por isso fui tão surpreendida. A leitura começou um pouco lenta e sem despertar muito o meu interesse, mas chega em um ponto do livro que é impossível largar, eu comecei a ler desesperadamente, eu tentava entender tudo o que estava acontecendo e criava inúmeras soluções, tentava desvendar que era o vilão na história e juro que nada me preparou para as descobertas do livro. 



Diana é uma personagem incrível e logo quando ela sai de sua terra e chega em Nova York eu morria de rir com as coisas que ela fazia e com as suas falas, Leigh Bardugo conseguiu trazer Diana como uma verdadeira heroína, ela é realização de como eu sempre imaginei a mulher-maravilha. 

Aila também é uma personagem fantástica, muito altruísta e me surpreendeu demais, quando o final chegou eu fiquei desejando por uma continuação da personagem, o que não deve rolar, já que ela não é a personagem principal. 

Em minha opinião Leigh Bardugo conseguiu representar muito bem a história da mulher-maravilha, nunca acompanhei a história original, mas me senti bem satisfeita com esse livro. O livro traz uma sensação de mergulho na história grega e isso foi tão gratificante. 

A narrativa é muito boa, Leigh consegue conduzir muito bem o leitor, nos envolve na história e consegue carregar o mistério do livro até as cenas finais. O livro que é extenso, mas a narrativa nos permite uma leitura muito rápida. 

Mal posso esperar pelos próximos livros das outras heroínas da DC. Mulher-Maravilha - Sementes da Guerra é um livro sensacional, vale a pena a leitura. 


3 comentários

  1. Vi o filme e agora quero ler. Sua resenha me deixou com mais vontade!

    ResponderExcluir
  2. A narrativa parece bem interessante. Sem contar que a capa é linda!

    ResponderExcluir
  3. Essa capa tá maravilhosa!
    Não estava com interesse nesse livro - mesmo tendo muita gente falando - mas sua resenha despertou meu interesse e estou pensando em dar uma chance à ele.
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D