Diz aí: Cinco motivos para ler Lucinda Riley

Primeiramente que quero começar o post dizendo que eu fico absolutamente chocada quando alguém diz que não conhece ou nunca leu os livros da Lucinda Riley.


Como assim você não leu migo? 

Pior mesmo é quem diz que leu e não curtiu. 



Assim fica difícil te defender. 


Senta lá e lê de novo. 


Fernanda e Carol vão passar pra vocês a visão da parada. Vamos te dizer cinco motivos pra você começar a ler os livros da Tia Lulu. Chega mais com a gente.

1)Viagens para outros países



Junto com os personagens conhecemos outros lugares, culturas, imaginamos em nossa cabeça através dos detalhes como são os lugares. Vivenciei isso em A Rosa da Meia-Noite, a história se desenvolve em dois países, Índia e Inglaterra. Creio que a autora realiza uma pesquisa ou vai/já foi até os locais para realiza-la e enriquecer suas obras. Eu já fui para Inglaterra, cidades da Índia, Irlanda. E quero vivenciar isso no Brasil com a série das Sete irmãs.

Dartmoor - Créditos
Dunworley Bay - Créditos
Darjeeling - Créditos



2) Reviver o passado


Se você gosta de obras tenham como plano de fundo reviver memórias do passado, questões mal resolvidas, pendentes, não podem deixar de conferir as obras da Lucinda. Quem já leu dois ou mais livros dela percebem o seu estilo, normalmente um (a) protagonista descobre cartas ou em busca do seu passado ou familiar. Através desse plot, ela desenvolve sua história. PORÉM, cada livro nos transporta e vivenciamos uma história, o drama vivenciado por x personagem. Posso até te dar um toque de já preparar um lencinho para as boas lágrimas. 


3) Escrita simples, porém original


A maneira como ela desenvolve a história que talvez você não daria nada, mas ela te prende e quando você vê tem terminado. O último que eu li me pegou de surpresa, o final me deixou de boca aberta, eu não esperava o que eu li e fiquei refletindo sobre ele até a hora de dormir. Não é uma escrita rebuscada com rodeios, é simples, porém capaz de nos transmitir diferentes sentimentos, de sentir o que os personagens sentiram ou estão sentindo. Quando você se depara com o tamanho dos seus livros você pensa: “putz, lá vem enrolação”. Só que não queridos. Ela flui rapidamente, pelo menos comigo. Não se assustem com o tamanho do livro, você vai terminar a leitura muito antes do que imagina. 


4) Seus personagens e temas


São personagens que poderíamos encontrar pelo mundo, são perceptíveis no nosso dia a dia. Gente como a gente. Vai ter aquele personagem mais introspectivo, sábio, com frases marcantes, pensador (a). Por exemplo, o último que li, A Rosa da Meia-noite, trouxe questões atuais, personagem que focou muito no profissional e esqueceu de viver, amar, sentir. Ou aquela famosa que cansada da fama (que não é um mar de rosas) resolve se esconder em uma cidade. Temas recorrentes na sociedade. Em A árvore dos anjos conhecemos personagens perturbadores e que me deixam com os olhos pregados no livro até o final, mas vou contar que fiquei tão perturbada pela personagem que fiquei umas duas noites sem dormir direito, sou medrosa sim, admito. Você percebe que são personagem muito bem construídos, tem todo um trabalho de pesquisa pra criar uma personalidade original pra cada um.

5) A autora: simpatia em pessoa.


Como diz a editora Saraiva: Uma irlandesa com alma de carioca. É perceptível o sentimento que ela nutre pelo nosso País, não é a toa que um dos seus livros se passa no Brasil, As Sete Irmãs (Livro 1, A história de Maia), relançado pela editora Arqueiro. Durante uma visita ao BrasilLucinda se encantou pelo Rio Janeiro e resolveu utilizá-lo como cenário para o primeiro livro da sua nova série. No site sobre a série você encontra ótimas informações: http://thesevensistersseries.com/

Não cheguei a conhecê-la quando esteve por aqui, porém quem a conheceu afirma ser uma autora bem humorada, simpática. Nas suas redes sociais é ativa, sempre que possível responde seus leitores. É uma autora que gostaria de ter como amiga, eu não sei, ela seria aquela amiga para pedir conselhos, transmitir calma. Lucinda é querida pelo mundo, seus livros já foram traduzidos para 22 línguas e publicados em 36 países. 

Uma best-seller para se conhecer.


Novidades


Já temos notícias que a Editora Arqueiro pretende relançar todos os livros da Lucinda no mercado, com novas capas, tudo maravilhoso, como a diva merece. Também parece que temos livro novo chegando por ai. Quem já quer?


É isso gente, espero que tenham gostado do post e LEIAM Lucinda. A diva merece se conhecida por todos. 

Segue também a listinha dos livros que são publicados pela Editora Arqueiro. 



6 comentários

  1. Eu não sabia que era possível... Mas depois desse post amo ainda mais os livros da Lucinda! Amei o post!

    ResponderExcluir
  2. Amooooo a Lucinda. Já li todos os seus livros e já estive com ela duas vezes na livraria da Travessa, autografando os livros. Uma pessoas simpaticíssima além de talentosa. Estou esperando ansiosa ela retornar ao Rio de Janeiro. Talvez venha para o lançamento da próxima irmã:a Tiggy. Estou torcendo. Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Sou tenho dois livros dela, e amo de paixão, são meus querendinhos 😍😍😍📚📚📚

    ResponderExcluir
  4. os livros dela são PERFEITOS!
    de uma maneira única ela sempre deixa transparecer que todos nós temos uma história única para contar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Chocada que o ultimo que vc leu é o que eu mais quero ,to doida por ele já vou aproveitar a BF pra comprar ,adoro reviver o passado e estorias intercaladas em passado e presente

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D