Resenha: Inventei Você? - Francesca Zappia


Ano: 2017 / Páginas: 346
Idioma: português
Editora: Verus

Sinopse: Alex está no último ano do ensino médio e trava uma batalha diária para diferenciar realidade de ilusão. Armada com uma atitude implacável, sua máquina fotográfica, uma Bola 8 Mágica e sua única aliada — a irmã mais nova —, ela declara guerra contra sua esquizofrenia, determinada a permanecer sã o suficiente para entrar na faculdade. E Alex está bem otimista com suas chances, até se deparar com Miles. Será mesmo aquele garoto de olhos azuis com quem ela compartilhou um momento marcante no passado? Mas ele não tinha sido produto da sua imaginação?
Antes que possa perceber, Alex está fazendo amigos, indo a festas, se apaixonando e experimentando todos os ritos de passagem tipicamente adolescentes. O problema é que ela não está preparada para ser normal.
Engraçado, provocativo e emocionante, com sua protagonista nada confiável, Inventei você? vai fazer os leitores virarem as páginas alucinadamente, tentando decifrar o que é real e o que é invenção de Alex.

Inventei você, romance de estreia de Francesca Zappia, trás a história de Alexandra, ou somente Alex. Uma adolescente com esquizofrenia, que luta todos os dias para separar o que é real do que sua mente inventa isso sem contar que precisa disfarçar o máximo possível para que ninguém na nova escola desconfie da sua doença. Em casa, precisa lidar com a mãe que a questiona sobre tudo, sempre muito preocupada com sua doença.
“Peguei as roupas que minha mãe tinha deixado para fora, no pé da cama, e joguei no chão. Depois de dezessete anos, ela ainda escolhia minhas roupas. Eu era esquizofrênica, não uma inválida, droga”.
Na escola ela conhece Miles, alguém que ela acredita ter sido muito importante em um momento durante sua infância. Alguém que até então ela acreditava ter sido inventado por sua imaginação. É claro que Alex não pergunta a Miles se ele se recorda do acontecido, ele poderia a achar louca.
Assim ela segue seus dias, enfrentando a nova escola, os novos colegas, lutando contra sua esquizofrenia, para conseguir entrar na faculdade.
Eu amei a Alex, ela é inteligente e sarcástica, uma personagem que consegue encantar o leitor. A força de vontade dela para encarar a escola e o trabalho é incrível, pois ela acredita ser seguida, assim como acredita que algo pode ser colocado em sua comida para envenená-la, a todo o momento ela examina o perímetro para ter certeza de que não esta sendo seguida.
“Minhas alucinações se tornavam mais frequentes no escuro. Mais de uma vez, quando eu era pequena, ouvi vozes que vinham de baixo da cama, garras que iam subindo pelas beiradas do colchão para me pegar.”
Alex sempre carrega uma câmera fotográfica para fotografar o que ela acredita ser falso, para mais tarde verificar nas fotos o que realmente estava no local.
A relação de Alex com Miles me fez rir em diversos momentos, desde o inicio eles se provocam, sendo enchendo uma mochila de formigas ou destruindo os cadernos um do outro. Alguns momentos da história me senti mal por Alex, sofri com ela. Alex é um personagem que marca.

O livro é narrado em primeira pessoa por Alex, o que aproxima o leitor ainda mais dessa garota tão incrível, que luta com todas as forças para ter uma vida normal. Assim como ela, também fiquei tentando dilucidar o que era real do que não era. Um livro muito emocionante, que tive a sorte de ler. Sem falar que a capa está perfeita, sem dúvida amei a capa, assim como amei a história de Alex também.
“Naquela tarde, em politica avançada, ele “acidentalmente” pisou no meu cadarço e eu quase caí de cara no chão. Quando o professor passou os primeiros trabalhos de casa pelas fileiras, entreguei a Miles uma tarefa que tinha sido “acidentalmente” rasgada ao meio”.




Resenha por Bel Líbera


4 comentários

  1. Amei a capa!!! Amei também o contexto deste livro,uma narrativa que parece ser linda e envolvente.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que lindo livro, amei a resenha é o livro 😍😍😍😍

    ResponderExcluir
  3. Ameia a resenha!Deu pra notar que Alex é uma garota fantástica,achei a capa muito linda !

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada do tipo, vai pra lista de desejados depois dessa resenha.

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D