Resenha - As Perfeccionistas - Sara Sherpard

Ano: 2017 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Rocco

O cenário da trama é Beacon Heights, Washington, onde Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker frequentam o último ano do ensino médio. Enquanto planejam seu futuro e lidam com suas próprias questões pessoais e familiares, algumas nem um pouco louváveis, as cinco descobrem algo em comum: todas elas odeiam o mesmo garoto, o rico e convencido Nolan. E arquitetam um plano de assassinato perfeito. Mas quando Nolan aparece morto exatamente do jeito que elas haviam imaginado, Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker precisarão provar que não são culpadas, enquanto suas vidas – e seus segredos – desmoronam ao redor.



As Perfeccionistas é a nova duologia de Sara Shepard, a autora da consagrada série Pretty Little Liars. Dessa vez, a história de passa em Beacon Heights e nós vamos conhecer Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker, jovens do último anto do ensino médio e que descobrem algo em comum: elas odeiam o mesmo garoto, o cara mais popular da escolar, o rico e muito convencido Nolan HotchKiss.

As cinco acabam planejando o assassinato perfeito para Nolan, um jeito de matá-lo sem que elas fossem descobertas. Mas, isso seria algo muito irreal para elas. O grande problema é quando Nolan aparece de fato morto e exatamente do jeito que elas planejaram. Agora elas precisaram provar que não são culpadas, antes mesmo que alguém as culpe.

Esse é o primeiro contato que eu tenho com a escrita da Sara Shepard e gostei bastante. Eu assisti uma grande parte da série Pretty Little Liars e admito que As Perfeccionistas me lembrou muito a série, são muitas semelhanças para deixar passar batido. Mas não acho que isso atrapalhou eu me apegar a essa duologia que segundo rumores, também será adaptado para a TV.



A narrativa é muito bacana, tem um ar de tensão e suspense que consegue prender o leitor até o final do livro. Sara alterna o ponto de vista das personagens,mostra tanto o passado quanto o curso da investigação e por ai nós vamos descobrimos o porquê de cada uma das meninas odiar tanto o falecido.

 A maior consideração a se fazer é que o livro é muito curto, o que prejudica um pouco o bom andamento do enredo. São muitos personagens para tão poucas páginas, nem chega a trezentas, e por isso a personalidade de cada um é pouco desenvolvida o que não permite uma ligação tão bacana entre o leitor e o personagem.

O livro surge mais como uma espécie de introdução para o próximo volume, aqui se cria muitos questionamentos e se responde pouca coisa, tudo ficou para ser respondido no livro final e talvez isso não seja tão ruim, mas quero dizer que já espero um Senhor livro, com muitas e muitas páginas.

Algo importante que a Sara traz em suas histórias é mostrar a realidade do universo jovem, o abuso do álcool e das drogas, o bullying, a busca incansável pela perfeição e para se ajustar aos padrões impostos pela sociedade. A autora consegue, em poucas páginas, nos trazer muita coisa para refletir.

Estou muito ansiosa pelo próximo volume e espero que a Editora Rocco anuncie logo esse lançamento.



3 comentários

  1. Capa linda e o conteúdo melhor ainda... Amei a resenha, mais um pra lista 👏👏👏❤❤

    ResponderExcluir
  2. Amo histórias desse tipo, mais um pra lista

    ResponderExcluir
  3. Ahhh que resenha Mara, tava doida pra ler esse livro, agora ela vai pro topo do topo da lista

    ResponderExcluir

Olá, agradeço pela sua visita. Deixe seu cometário também :D